Surpresas do grupo 1, Barcelona e Botafogo fazem confronto direto pela ponta

Guayaquil (Equador), 19 abr (EFE).- Em uma chave com o atual campeão Atlético Nacional e o tradicional Estudiantes, que venceu a competição em 2009, quem vem dando as cartas são Botafogo e Barcelona de Guayaquil, que disputarão um confronto direto pela liderança nesta quinta-feira no Estádio Monumental Isidro Romero Cabo.

Até agora, o Alvinegro e os 'Canarios' têm campanha idêntica no grupo 1, com duas vitórias em duas rodadas, seis pontos somados, quatro gols marcados e apenas um sofrido. Dessa forma, quem vencer o jogo em Guayaquil colocará um pé nas oitavas de final.

Será um confronto inédito na história da Libertadores. O Barcelona, vice-campeão em 1998, já esteve no torneio 23 vezes e nunca cruzou com o Glorioso, que participa da disputa pela quinta ocasião na história.

Em comum, além da boa campanha, os times terão os desfalques. No Botafogo, Jair Ventura não poderá contar com o volante Airton e o meia Montillo, ambos machucados. Eles se juntaram no departamento médico ao goleiro Jefferson e aos laterais-direitos Luis Ricardo e Jonas, que passam por processo de recuperação mais demorado.

A equipe de General Severiano vem de um resultado negativo, a derrota para o Vasco por 2 a 0 na final da Taça Rio, no último domingo. Entretanto, como já estava garantido nas semifinais do Campeonato Carioca, o campeão brasileiro de 1995 foi a campo com time misto.

"Sabemos da velocidade do ataque do Barcelona, o estudamos. Esperamos exercer uma pressão sobre eles, o grupo está acostumado a isso. Uma vitória nos deixaria isolados na liderança", destacou o zagueiro Emerson Silva.

No atual campeão equatoriano, o técnico Guillermo Almada não contará com os meio-campistas Erick Castillo e Damián Díaz. Por outro lado, ainda há esperança quanto à liberação do volante Matías Oyola, capitão da equipe, que machucou o ombro no último domingo, da derrota para o Emelec no clássico de Guayaquil.

"Estamos com a bronca que é perder um clássico, e devemos compensar isso diante do Botafogo. Temos de dar tudo de nós para já selar a classificação para as oitavas", disso o volante brasileiro Gabriel Marques, ex-jogador de Grêmio e Atlético-PR.


Prováveis escalações:.

Barcelona-EQU: Banguera; Valencia, Aimar, Mena e Pineida; Gabriel Marques, Minda (ou Oyola) e Esterilla; Caicedo, Álvez e Ariel. Técnico: Guillermo Almada.

Botafogo: Gatito Fernández; Emerson Santos, Emerson Silva, Joel Carli e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Árbitro: Jesús Valenzuela (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Carlos López e Elbis Gómez.

Estádio Monumental Isidro Romero Cabo, em Guayaquil. EFE