Romário parabeniza Anvisa e Polícia Federal e critica argentinos: 'Situação patética'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O ex-atacante e senador Romário foi às redes sociais nesta segunda-feira para parabenizar a Anvisa e a Polícia Federal pela paralisação da partida entre a Seleção Brasileira e a Argentina no domingo. O tetracampeão mundial criticou o comportamento dos argentinos e afirmou que a interrupção do jogo poderia ter sido evitada.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

- Parabéns à Anvisa e à PF pelo correto proceder ao retirar de campo os jogadores argentinos que prestaram informações sanitárias falsas. O presidente da Anvisa, Barra Torres, deixou claro que a CBF foi previamente informada do problema, assim como a delegação Argentina - escreveu o senador.

- Ignorando os avisos da irregularidade, os jogadores entraram em campo e os telespectadores assistiram a uma situação patética. Um enorme constrangimento que poderia ter sido evitado, a Anvisa chegou a informar uma maneira dos atletas regularizarem a situação, mas foram ignorados - continuou o ex-atacante.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

- Parabéns ao presidente Barra Torres por exercer seu papel com lisura e responsabilidade. Quanto à CBF, de nada adianta os atletas entregarem tudo em campo se o futebol continua sendo gerido por pessoas incompetentes e irresponsáveis, mesmo diante de uma grave crise sanitária - concluiu Romário.

Após as polêmicas, a CBF publicou uma nota em que busca informar que não interferiu para a participação dos jogadores argentinos no confronto deste domingo. A entidade também afirma que reuniu-se com a Anvisa e com a AFA antes do jogo.

Veja abaixo as publicações originais de Romário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos