Rollo prevê salários do Santos pagos até o final do mês: 'Tenho diálogo'

Gabriela Brino
·1 minuto de leitura


O presidente Orlando Rollo prevê os salários do elenco do Santos pagos até o final de novembro. Após conseguir pagar 70% da quantia referente ao mês de outubro, o vencimento aconteceu no quinto dia útil deste mês, mas o pagamento não ocorreu.

O dirigente explicou sua estratégia para quitar o valor total: por meio do mecanismo de solidariedade da Fifa.

- Esse é o grande problema. Não dá para fazer pagamento parcial de maneira sumária. Os atletas ficam com a razão de reclamar. Apesar do futebol na Série A pagar bem, atletas têm compromissos e sustentam famílias. Presidente afastado pagou 30% durante a paralisação e isso deixou desgaste. Pagamos outubro integralmente buscando valores na CBF e FPF. Cotas travadas. Presidentes Caboclo e Reinaldo auxiliares. Neste mês pagamos 70% e demos previsão de pagamento. Tenho diálogo, dei minha cara à tapa. Mostrei as contas - disse

- Até o final do mês estará resolvido, talvez até nessa semana. Faltam 30%. Buscamos valores travados no mecanismo de solidariedade da Fifa, o chamado crédito podre. Vendemos para um banco e conseguimos pagar parcelas atrasadas. São valores de formação. Clube que revela tem percentual e Santos não cobrava, só na primeira transferência. Mas de clube para clube o formador ainda tem direito. Ninguém cobrava e fomos atrás - completa.