Rollo afirma que Peres 'estuprou' o Santos financeiramente: 'Catastrófico'

Gabriela Brino
·2 minuto de leitura


O presidente Orlando Rollo afirmou na noite do último domingo que José Carlos Peres, em processo de impeachment no Santos, estuprou financeiramente e administrativamente o clube.

Além disso, Rollo fez uma analogia e chamou Peres de "Nero", imperador conhecido por ter tocado harpa enquanto Roma, na Itália, ardia em chamas.

- Peres fala nada com nada. O que ele fez com o Santos não se faz. Estuprou o Santos administrativamente e financeiramente. Nunca teve um trimestre sequer aprovado pelo Conselho Deliberativo. E o Profut prevê afastamento temporário de acordo com gestão temerária. E conselho agiu, eu alerto desde 2018 as práticas da má gestão. Denunciava no Conselho e na imprensa. Peres foi alvo de dois pedidos de impeachment em 2018 - disse em entrevista ao Mesa Redonda.

- Eu avisei há muito tempo. E agora a bolha estourou. Situação catastrófica. Santos na beira do abismo financeiro. Assumimos e vimos que, em curto prazo, a dívida era de R$ 54 milhões até fim do ano e com R$ 5 milhões de recebíveis substanciais. Inadiministrável. Mas temos sido criativos. Patrocínio, dinheiro na FPF e CBF - explicou

- Pessoa centralizadora, um déspota, um ditador. Tudo sem obedecer o Estatuto Social. Santos não é presidencialista, tem Comitê de Gestão. Os nove membros - presidente, vice e mais sete -, têm mesma autonomia. E Peres nunca seguia decisões colegiadas, tudo da cabeça dele. Mas Peres sabe nada de futebol, administração e finanças. É que nem perguntar para mim de física quântica. Ele me chama de Rainha da Inglaterra pelo simples fato de eu tomar decisões colegiadas como determina o estatuto. Todas as decisões emanadas por mim estão sob consulta do Comitê de Gestão e eu também consulto, em algumas decisões, o Comitê de Transição. Órgão que nós criamos para ter representantes dos pré-candidatos e saberem tudo sobre o clube, de forma transparente. Ele me chama de Rainha da Inglaterra porque eu consulto a todos, diferente dele, um verdadeiro déspota. Fazendo analogia histórica, ele é o imperador Nero, que colocou fogo em Roma e Nero tocava harpa - completa.

A reportagem procurou José Carlos Peres, que rebateu:

- Ele mente tanto, que olha para baixo enquanto fala. Um desqualificado destes, será que vale a pena? Está em campanha para eu eu tenha o impeachment e ele possa terminar o desserviço que está prestando ao Santos FC - escreveu.