Rogerinho e Clezar avançam às quartas de final no Chile

O Brasil terá três representantes nas quartas de final do Challenger de Santiago, no Chile. Nesta quarta-feira, Rogério Dutra Silva, Guilherme Clezar  e João Souza, o Feijão, venceram suas respectivas partidas e marcam presença na próxima fase do torneio.

Um dos principais favoritos ao título da competição, Rogerinho voltou a apresentar um tênis consistente e bateu sem dificuldades o também brasileiro Caio Zampieri, vencendo por 2 sets a 0, com duplo 6/3. O tenista precisa chegar à final do torneio para não perder posições no ranking da ATP, onde ocupa a 85ª posição.

O cabeça de chave 1 precisou de 1 hora e 38 minutos para despachar o rival. No primeiro set, mesmo desperdiçando cinco break points no último game, Rogerinho conseguiu fechar em 6/3. Já na parcial decisiva, Rogerinho quebrou Zampieri no quarto game e caminhou para uma vitória tranquila: 6/3.

Com a vitória, Rogério enfrenta Christian Lindell, brasileiro naturalizado sueco, de 25 anos, que passou por Cecchinato nas oitavas.

Já o gaúcho Guilherme Clezar teve que suar para bater o argentino Nicolas Kicker. Com mais de 2 horas e meia de jogo, Clezar venceu o adversário por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/5. Agora, Clezar enfrena o argentino Guido Andreozzi nas quartas de final do Challenger de Santiango, no Chile.

Quem também avançou foi João Souza, o Feijão. O brasileiro sofreu, mas superou a promessa norueguesa Casper Ruud por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 7/5, após duas horas e meia de confronto. Agora, o paulista encara o vencedor do confronto entre o chileno Nicolás Jarry e o argentino Maximo González.