Roger vê Cazares maduro fora de campo: 'tem que estar disposto a evoluir'

ENRICO BRUNO, THIAGO FERNANDES E VICTOR MARTINS

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Roger Machado está satisfeito com o rendimento recente de Juan Cazares no Atlético-MG. Embora esteja se reerguendo em 2017 – ficou fora, inclusive, da lista de convocados da seleção equatoriana –, o meia-atacante conta com elogios da comissão técnica.

Crucial na vitória da equipe sobre o Tupi, nessa segunda-feira (13), pelo Campeonato Mineiro, o novo dono da camisa 10 foi enaltecido pelo treinador gaúcho. O comandante assegura que já vê melhoras em relação ao que ele atuou em 2016, seu primeiro ano no futebol brasileiro:

"Já vejo grande diferença do Cazares do ano passado para cá. Hoje vejo que ele atingiu este nível. Sempre que fizer, vai jogar bem", comentou Roger Machado, que ainda explicou qual o método utilizado para contribuir com a melhora do estrangeiro:

"É justamente fomentar e cobrar nas atividades e jogos para que tenha uma regularidade e uma dinâmica durante o jogo todo. Não só na posse de bola, mas sem ela também. Os jogadores que têm capacidade de atacar ficavam descansados na questão defensiva por conta desta qualidade, mas o futebol mudou. É necessária esta recomposição e esta disponibilidade. O atleta tem que estar disposto a evoluir", acrescentou.

O comportamento extracampo foi um fator que impediu a sequência de Cazares na Cidade do Galo. O gringo já teve fotos íntimas vazadas na internet e se tornou um frequentador assíduo da noite de Belo Horizonte. Contudo, Roger Machado crê que o atleta está maduro o suficiente para atuar:

"O Cazares é um jovem com uma maturidade boa. É um jogador que veste a camisa da Seleção de seu país e aquele que atinge um nível que o Cazares atingiu o transforma em homem muito rápido. O futebol faz isso. O que ele precisa é atingir a maturidade de seu jogo, contribuir defensivamente", avaliou.

"Se mantiver essa intensidade e dinâmica todos os jogos, não tem como não escalá-lo. O que todo treinador deseja é essa regularidade. Não pode contar com um jogador que te dá 9 um dia e, no outro, ele te dá 3. Ela pode ser mais baixa, 6 ou 7. Mas ele tem que ser mais regular", concluiu.