Roger Machado exalta placar e postura fora de casa do Galo

Empatar fora de casa em uma competição difícil como a Libertadores é motivo para celebrar. É o que pensa o treinador do Atlético-MG, Roger Machado, que nesta quarta viu o seu time empatar por 1 a 1 com o Godoy Cruz, em Mendoza.

Aos seus olhos, além do bom resultado também tem que se destacar a postura do alvinegro, que tomou as rédeas da partida em muitos momentos, sobretudo no segundo tempo, quando o time chegou ao empate após gol do atacante Fred.

- De certa forma, o primeiro tempo foi do adversário, mas o segundo foi completamente nosso. A alteração pelo Cazares, a necessidade de ter uma aproximação maior. A partir do segundo tempo, com a bola no chão, a gente começou a envolver mais o adversário e o gol cedo fez a estrutura do jogo mudar novamente a nosso favor. O adversário teve que sair um pouco mais. Ainda tivemos oportunidade de definir a partida a nosso favor em alguns contra-ataques, principalmente nos últimos cinco minutos, quando o adversário ficou com um a menos - comentou o treinador do Galo.

- Um empate fora, depois de ter sofrido um gol com menos de dois minutos de jogo, tem uma validade maior ainda. O gol do adversário acabou invertendo um pouco a estrutura do jogo, fazendo com que eles passassem a jogar em contra-ataques, por ter aberto o placar cedo. Sofremos um pouquinho com isso no primeiro tempo, tendo que propor mais o jogo, se abrindo um pouco mais e, em consequência disso, sofrendo alguns contra-ataques, principalmente pelas beiradas, de qualquer lado do campo - completou Roger Machado.

Na Libertadores, o Atlético-MG volta a campo daqui a mais de um mês, no dia 13/4, quando recebe o Sports Boys, da Bolívia, no Horto. No Estadual, o próximo compromisso é na segunda-feira à noite contra o Tupi, em casa, pela sétima rodada.







E MAIS: