Roger elogia segundo tempo do Galo e vê resultado como “muito bom”

O Atlético-MG conseguiu arrancar um empate, por 1 a 1, na noite desta quarta-feira, contra o Godoy Cruz, em Mendoza, na Argentina, em sua estreia na Copa Libertadores. A equipe alvinegra saiu perdendo, com gol logo no primeiro minuto de jogo, e precisou correr atrás do resultado na etapa complementar.

De acordo com o técnico Roger Machado, a partida teve dois tempos diferentes e o Galo foi melhor no segundo tempo, quando Fred conseguiu empatar o duelo, em cobrança de pênalti.

“De uma certa forma, o primeiro tempo foi do adversário. O segundo tempo foi completamente nosso. A entrada do Cazares foi pela necessidade de a gente ter uma aproximação maior. No segundo tempo, com a bola no chão, começamos a envolver o adversário. Com 1 a 1, o adversário teve que sair um pouco mais e inverter a característica da partida”, avaliou.

O treinador atleticano observou um jogo com características de Libertadores, principalmente em confrontos como visitante, e acredita que o resultado foi “muito bom” para sua equipe.

“A Libertadores tem essa característica. Quando se tem a bola e o adversário, de uma certa forma, não consegue marcar, a gente joga. Se não (consegue jogar), temos que competir e ter intensidade, como foi no jogo de hoje. A característica da Libertadores é essa, principalmente quando se joga fora de casa. Foi uma partida de regular para boa, mas o resultado foi muito bom em virtude do que aconteceu durante a partida”, finalizou.

O próximo compromisso do Atlético-MG na Libertadores é no dia 13 de abril, uma quinta-feira. Estreando em casa, os alvinegros encaram o Sport Boys, da Bolívia, que também empatou em sua estreia. Em duelo movimentado, a equipe, dentro de casa, ficou no 3 a 3 contra o Libertad, do Paraguai.