Roger descarta Galo administrando clássico e compara vitória a título

Roger é demitido após revés para o Bahia (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Já classificado às semifinais do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG não entrará relaxado, apenas 'administrando' o clássico com o Cruzeiro, no próximo sábado, às 16h, no Mineirão.

Nem mesmo a certeza de que um empate já garante o Galo em primeiro lugar fará o time amenizar. É o que garante o treinador Roger Machado, que comparou uma vitória em cima do arquirrival, o que não acontece desde abril de 2015 ou seis jogos, ao título estadual.

- Não imagino que meu torcedor vai desejar que a gente jogue o clássico administrando resultado. O clássico é para ser vencido, independente da situação na classificação. Se a gente vencer, vamos ter a vantagem que a gente deseja. É uma semana vivida de forma diferente. Temos que vencer o clássico, porque é tão importante quanto o título local. E nós queremos muito a vitória - comentou Roger Machado, que transbordou otimismo.

- Vamos estar mais encorpados, não tenha dúvida. Aquele clássico foi o segundo jogo do ano, com poucos dias de trabalho, enquanto o Cruzeiro vinha com o Mano Menezes desde o ano passado. Tenho certeza que vai ser diferente, pelo menos para nosso lado. Ninguém quer perder clássico. Queremos vencer porque perdemos o primeiro do ano - completou.






E MAIS: