Rogério Micale relembra vice para Sérvia no Mundial Sub-20 de 2015 e torce por 'revanche' na Copa do Mundo


A Seleção Brasileira estreia nesta quinta-feira na Copa do Mundo de 2022, contra a Sérvia, um adversário que já trouxe problemas para o time canarinho. Em 2015, no Mundial Sub-20, os europeus bateram o Brasil na final com jogadores que foram convocados para o torneio deste ano, no Qatar.


Àquela época, a Seleção Brasileira era comandada por Rogério Micale, que acabou conquistando o ouro olímpico em 2016, nos Jogos do Rio de Janeiro. Em entrevista ao LANCE!, o treinador relembrou da derrota e falou sobre as características da Sérvia.

- A Sérvia era uma equipe muito bem treinada. Eles tinham uma ideia durante toda a competição, mas na final eles tiveram uma estratégia diferente, de contra-ataque. A gente dominou o jogo todo, e eles tiveram três chances e fizeram dois gols. É uma equipe perigosa, que sabe suportar pressão. Sabem propor jogo, mas também sabem sofrer. Mas eu confio muito no Brasil - declarou o treinador.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Copa do Mundo de 2022

Brasil x Sérvia - Final da Copa do Mundo Sub-20 de 2015
Brasil x Sérvia - Final da Copa do Mundo Sub-20 de 2015

Jorge, hoje no Palmeiras, foi titular na final em 2015 (Foto: MARTY MELVILLE / AFP)

A base do time titular da Sérvia naquela Copa do Mundo está convocada para o Mundial deste ano. Dos 11 jogadores que iniciaram a decisão contra o Brasil, seis estão convocados: Predrag Rajkovic, Milos Veljkovic, Srdan Babic, Nemanja Maksimovic, Sergej Milinkovic-Savic e Andrija Zivkovic. Vanja Milinkovic-Savic e Marko Grujic, que eram reservas, também estão neste ano.

Na decisão do torneio disputado na Nova Zelândia, a Sérvia bateu o Brasil por 2 a 1. O gol do título foi feito aos 13 minutos do segundo tempo da prorrogação, por Maksimovic. Por mais que atualmente o meio-campista não seja titular incontestável, Micale afirmou que o Brasil deve tomar cuidado com o atleta.

- Ele era o melhor jogador à época e tido como grande promessa para o futuro. Isso se confirmou. Ele buscou seu espaço, tem sido destaque da seleção. É um jogador perigoso, que precisa de atenção - disse o treinador ao L!.

Brasil x Sérvia - Final da Copa do Mundo Sub-20 de 2015 - Nemanja Maksimovic
Brasil x Sérvia - Final da Copa do Mundo Sub-20 de 2015 - Nemanja Maksimovic

Maksimovic fez o gol do título no apagar das luzes (Foto: MARTY MELVILLE / AFP)

O grande nome daquele time do Brasil também estará na Copa do Mundo de 2022. Aos 18 anos, o atacante Gabriel Jesus dava seus primeiros passos no futebol e vestia a camisa a camisa 10. O ex-jogador do Palmeiras atuava aberto pelos lados e terminou a competição com um gol e três assistências. O ex-treinador da Seleção Brasileira Sub-20 falou sobre o atleta do Arsenal e disse que espera uma espécie de revanche desta vez para se sentir vingado.

- O Jesus fez um campeonato excepcional, um dos melhores da equipe. Era abaixo da idade dois anos, o que faz diferença na base. Jogava pelas beiradas comigo, tinha um um contra um muito forte e fez uma competição excelente. Vejo que ele está cada vez mais maduro, preparado para grandes jogos. Se ele tiver a oportunidade de jogar, espero que ele nos vingue daquela derrota, que foi muito sofrida - frisou.

+ Saiba quais são os jogadores com mais gols pela Seleção Brasileira em Copas do Mundo

Gabriel Jesus vai disputar sua segunda Copa do Mundo. Em 2018, na Rússia, o atacante era titular e o camisa 9 de Tite, mas encerrou o Mundial sem balançar as redes. Rogério Micale comentou sobre o momento do jogador e espera que o jejum não influencie para este ano.

- Essa pressão é desnecessária. O Gabriel é um cara muito participativo, que todo jogador gosta. É extremamente comprometido com a equipe, não é individualista, não quer aparecer, que joga para a equipe. Infelizmente aconteceu de não fazer os gols, mas ele foi muito comprometido com recomposição defensiva, ajudou muito a equipe em vários fatores que às vezes as pessoas não veem. É lógico que um atacante não gosta de ficar sem fazer gols, mas no caso dele vai ser consequência. A fase é outra, ele está mais maduro, em boa fase no Arsenal e tem tudo para corresponder às expectativas de todo mundo.

Brasil x Senegal - Seminal da Copa do Mundo Sub-20 de 2015 - Gabriel Jesus
Brasil x Senegal - Seminal da Copa do Mundo Sub-20 de 2015 - Gabriel Jesus

Gabriel Jesus era o grande nome do time sub-20 do Brasil em 2015 (Foto: MARTY MELVILLE / AFP)