Rodrygo e Vinicius Jr. marcam e Real Madrid vence o Shakhtar na Liga dos Campeões

Os atacantes brasileiros Rodrygo e Vinicius Jr. comemoram o segundo gol contra o Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões.REUTERS/Susana Vera

Por Fernando Kallas

MADRI (Reuters) - Os brasileiros Rodrygo e Vinicius Jr. marcaram no primeiro tempo e garantiram a vitória do Real Madrid sobre o Shakhtar Donetsk por 2 x 1 pelo Grupo F da Liga dos Campeões nesta quarta-feira.

O atual campeão europeu dominou a partida desde o início, com quase 60% de posse de bola e 35 finalizações no total, contra apenas 11 do Shakhtar. Mas a equipe espanhola desperdiçou uma série de chances e correu riscos, deixando a porta aberta para o Shakhtar continuar no jogo.

Rodrygo deu vantagem ao Real Madrid aos 13 minutos, com uma finalização cruzada da entrada da área. Com Vinicius e Federico Valderde comandando as pontas, Rodrygo estava desempenhando um papel mais centralizado como meia armador, próximo a Karim Benzema.

Vinicius ampliou a vantagem do Real 15 minutos depois, finalizando uma bela jogada coletiva de seus companheiros de equipe com um chute à queima-roupa, após sair da posição de impedimento.

Vinicius perdeu duas chances claras nos minutos seguintes, e deixou o Shakhtar em condições de diminuir a vantagem com um belo gol de Oleksander Zubkov. O atacante ucraniano reduziu a vantagem do Real após um contra-ataque, seis minutos antes do intervalo, com um remate acrobático a partir de um cruzamento de Bohdan Mykhailichenko.

Pelo Grupo H, o Paris St Germain ficou no empate contra o Benfica em Lisboa, com um golaço de Lionel Messi após jogada coletiva do trio de ataque com Mbappé e Neymar, e um gol gontra do meia português Danilo Pereira.

A Juventus garantiu os primeiros pontos no mesmo Grupo H, batendo o Maccabi Haifa por 3 x 1 com dois gols de Adrien Rabiot e três assistências do argentino Angel Di Maria em Turim.

No Grupo G, o Manchester City goleou o FC Copenhagen por 5 x 0, com mais dois gols do norueguês Erling Haaland. O atacante detém agora a incrível marca de 19 gols em 12 jogos pela equipe treinada por Pep Guardiola.