Rodrigo Pastana mostra confiança na reação do Cruzeiro: 'não trabalhamos com a hipótese de não subir'

·1 minuto de leitura


O diretor de futebol do Cruzeiro, Rodrigo Pastana, saiu em defesa do técnico Mozart Santos, afirmando que o treinador não teve tempo de trabalhar como deveria com o elenco da Raposa , já que em 40 dias comandando o time azul, teve apenas uma semana livre de trabalho.

E, apesar dos maus resultados e da Raposa estar na zona do rebaixamento, o dirigente mostrou confiança no trabalho de Mozart e na reação da equipe. Rodrigo diz que o clube não trabalha com a hipótese de não conseguir o acesso à Série A. Confira nos vídeos da matéria.

Pastana será o quinto diretor de futebol do Cruzeiro em um ano
Pastana será o quinto diretor de futebol do Cruzeiro em um ano

Pastana mostrou confiança na reação do Cruzeiro na Série B-(Divulgação/Cruzeiro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos