Rodrigo Caetano sobre a 'guerra' do Galo na Colômbia: 'orgulhoso de todos apesar do episódio lamentável'

·1 minuto de leitura


A situação lamentável do jogo entre América de Cali e Atlético-MG, pela Libertadores, quando a partida foi disputada em meio a confrontos do lado externo do estádio Romelio Martínez, em Barranquilla, na Colômbia, com disparos de bombas de gás lacrimogênio, rojões, que eram ouvidos e os efeitos do gás sentidos no campo de jogo.

O diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, falou da tensão e elogiou o grupo de jogadores e comissão técnica, que conseguiram superar todas essas adversidades e conseguiram a classificação antecipada às oitavas de final da Libertadores depois de derrotar o Cali por 3 a 1. Confira o depoimento de Caetano no vídeo acima.

Rodrigo Caetano fala que o Galo precisa fazer caixa com a venda de atletas
Rodrigo Caetano fala que o Galo precisa fazer caixa com a venda de atletas

Caetano exaltou a bravura do Galo na confusão do jogo diante do América de Cali-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos