Rodrigo Caetano agradece, mas diz ainda não ter proposta do Palmeiras

Rodrigo Caetano tem contrato com o Internacional até o fim de 2020 (Foto: Foto: Divulgação/Internacional)
Rodrigo Caetano tem contrato com o Internacional até o fim de 2020 (Foto: Foto: Divulgação/Internacional)


Rodrigo Caetano é um dos favoritos a assumir a direção de futebol do Palmeiras, mas afirma que ainda não recebeu um contato oficial. Hoje no Internacional, ele está na capital paulista por conta do jogo do Colorado com o São Paulo nesta noite e tem como principal foco garantir uma vaga na Libertadores para o clube gaúcho, com o qual tem contrato até o fim de 2020.

- Eu me sinto honrado por ter o nome veiculado em um gigante do Brasil, isto óbvio que também se dá pelo trabalho realizado em um ano e meio no Inter, claro que por outros trabalhos também. Tenho um compromisso com o Internacional, com muitos projetos para o futuro, por mais que a gente saiba que a vida no futebol se dá por conquistas - afirmou, em entrevista à rádio Grenal.

- Quero deixar claro que o meu foco e meu compromisso ainda está com o Inter, não teve convite até o presente momento. Se acontecer, aí poderei responder de forma mais precisa. Até o presente momento não teve. Tenho o foco com o Inter, passa pela confirmação que ainda não temos, de Libertadores no ano que vem. É o que está na cabeça de todos nós - acrescentou.

Diego Cerri, do Bahia, é o principal concorrente de Rodrigo Caetano no Verdão. O diretor de futebol do Internacional já foi cotado para a mesma vaga no Palmeiras no fim de 2014, mas o escolhido acabou sendo Alexandre Mattos, demitido no domingo.

Apesar do discurso, o clube alviverde deve ter um encontro com o candidato à vaga em breve. A delegação do Internacional ficará ainda na quinta-feira em São Paulo (SP), o que pode facilitar a reunião.

O Palmeiras tem pressa para definir o nome do novo executivo, que trabalhará junto do gerente Cícero Souza e provavelmente de um comitê com vice-presidentes. Esta deve ser uma novidade na gestão do futebol para 2020.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também