Rodolfo se recupera a tempo de ajudar o Figueirense na Copa do Brasil

LANCE!
·2 minuto de leitura


Titular da meta alvinegra do Figueirense na reta final da Série B 2020, o goleiro Rodolfo Castro se recuperou de uma artroscopia no menisco nos últimos 30 dias e está à disposição do técnico Jorginho para reforçar o elenco para a disputa da primeira fase da Copa do Brasil, contra o FC Cascavel, fora de casa.

+ Passaram a perna! Confira personalidades do futebol que sofreram golpes

Com multa rescisória em contrato estipulada em R$ 30 milhões, Rodolfo foi um dos destaques positivos do Figueirense na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado. O goleiro assumiu o gol do time catarinense em dezembro de 2020, após a saída do goleiro Sidão e teve seu contrato renovado até 2022 graças às boas atuações que teve no segundo turno.

Na época, Rodolfo Castro havia melhorado as estatísticas de média de gols sofridos do Figueirense em relação ao antecessor tanto dentro do Estádio Orlando Scarpelli quanto nas partidas fora de casa. O fato ocorreu no mesmo período em que o clube chegou a engatar sequências de vitórias e pontos que tiraram o alvinegro da zona de rebaixamento.

Dentro de casa, Rodolfo Castro chegou a obter média de 0,5 gol sofrido por jogo, contra 0,73 do antecessor Sidão. Além disso, somando os jogos dentro e fora de casa, Rodolfo Castro chegou a obter, durante a série B, média de 0,71 gol sofrido por jogo, superior aos 0,93 do ex-arqueiro do São Paulo.

Criado nas categorias de base do Atlético Mineiro, Rodolfo Castro era uma das promessas do Galo dentre os atletas nascidos em 1995. O arqueiro foi titular durante todas as categorias que passou desde os 12 anos. Além disso, Rodolfo Castro chegou a acumular convocações para as Seleções Brasileiras sub-20 e sub-23 às vésperas dos Jogos Olímpicos de 2016 e títulos em torneios internacionais pelo time de Belo Horizonte.

+ Messi recebe proposta, Palmeiras acerta com volante e Fla vive dilema por Rafinha… Veja o Dia do Mercado

Somado ao período na base do Atlético Mineiro, Rodolfo Castro tem no currículo passagem pelo futebol europeu, quando foi emprestado pelo Galo ao Académico De Viseu, de Portugal, para a temporada 2016 e 2017 no Velho Continente.