Rodízio na zaga: Fernando Lázaro ainda não repetiu dupla defensiva no Corinthians

Gil e Balbuena atuaram três vezes juntos em 2023 (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


O técnico do Corinthians, Fernando Lázaro, tem usado este início de temporada para realizar testes na equipe, principalmente na zaga. Nas três primeiras rodadas do Campeonato Paulista foram três formações diferentes e três resultados distintos.

Os zagueiros Balbuena, Bruno Méndez e Gil atuaram, cada um, em dois jogos completos do Alvinegro até o momento. Há ainda no elenco mais dois jogadores da posição: Caetano, que teve seu vínculo renovado com o clube nesta segunda-feira, e Murillo.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Acompanhe a movimentação do mercado da bola no vaivém do L!

Na primeira rodada, na derrota por 1 a 0 contra o Red Bull Bragantino, o treinador optou por escalar Gil e Balbuena na defesa. No jogo seguinte, testou uma nova formação: Bruno Méndez e Balbuena. Desta vez, a equipe não sofreu gols e bateu o Água Santa por 3 a 0.

Como o treinador tem cinco peças da posição à disposição, ainda terá a possibilidade de testar outras formações ainda não utilizadas, como Gil e Murillo, Gil e Caetano, Bruno Ménzes e Murillo, Bruno Mendéz e Caetano, Balbuena e Murillo, Balbuena e Caetano, além da jovem dupla atuando em conjunto: Murillo e Caetano. Esta última possibilidade, no entanto, não deve ser prioridade no momento.

Na terceira rodada da competição, Bruno Méndez e Gil foram escalados juntos no empate sem gols do Timão contra a Inter de Limeira.

Para o duelo desta terça-feira (24), às 20h, contra o Guarani, na Neo Química Arena, pela quarta rodada do Estadual, a tendência é que a dupla escolhida seja Gil e Balbuena novamente.