Rocha critica postura do Atlético-MG no segundo tempo: "parecia rachão"

Lateral direito não gostou do comportamento da equipe no empate por 1 a 1 contra URT

O primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro não foi como o Atlético esperava. Apesar de sair na frente e dominar o primeiro tempo de jogo, a equipe cedeu o empate para a URT e caiu muito de produção na segunda etapa. No final da partida, os jogadores mostraram-se insatisfeito com a igualdade por 1 a 1 dentro do Mineirão.

- Infelizmente cochilamos mais uma vez e levamos o gol no começo do segundo tempo. Até o Roger falou, estava parecendo rachão, a gente estava brincando. Isso não pode acontecer - comentou o lateral.

Agora, o Atlético faz uma pausa no estadual para voltar a pensar na Libertadores. Na quarta, o clube visita o Libertad, no Paraguai. Para Rocha, o resultado ruim neste domingo de páscoa obriga a equipe a entrar com força total no jogo da volta do Mineiro.

- Tem que ter força máxima, quem tiver condições físicas tem que jogar, não é momento de poupar. Se tivéssemos feito um bom resultado, podia até mesclar, mas como não fizemos temos que ter com força máxima no jogo da volta.






E MAIS: