Diretor do Corinthians pede saída de Gaciba da arbitragem brasileira

·1 minuto de leitura
Roberto de Andrade pediu a troca no comando da arbitragem brasileira. Foto: Daniel Vorley/AGIF

O Corinthians enfrenta o Bahia, nesta terça-feira, abrindo a 24ª rodada da Série A do Brasileiro. O diretor de futebol, Roberto de Andrade, espera que a arbitragem não atrapalhe a partida, com fortes críticas ao chefe do setor na CBF, Leonardo Gaciba. 

Leia também:

"Tem que trocar, tem que trocar. Na minha opinião, o Gaciba não faz um bom trabalho. Ninguém explica nada, ninguém fala nada. É um autoritarismo fora de série. Você pega o gol do Corinthians que foi anulado contra o Atlético-GO e o gol anulado do Fortaleza foi igualzinho, participando do lance. É isso que eu falo. Tem dez árbitros que são da Fifa. Apitam cinco ou seis em cada rodada. Por que não apitam os dez, se são os melhores? Fica testando árbitro num campeonato tão disputado. A diferença entre perder ou ganhar é muito pequena e é o árbitro que faz a diferença no perder ou ganhar. Nada contra o Gaciba, mas tem que trocar. Eles estão sempre certos. Todas as vezes que fomos falar com ele de um lance, eles mostram paradisseram que estavam certos. O mundo fala que estão errados, mas ele fala que o árbitro agiu certo. Com o VAR, ficou pior", disparou, em entrevista à Rádio Bandeirantes, com a presença do blog

Roberto não quis mencionar nenhum nome para coordenar a arbitragem brasileira. "Não tenho nome nenhum. Eles que coloquem alguém que dê satisfações, que explique, que seja mais próximo dos clubes", ressaltou.  

O alagoano Denis Ribeiro Serafim apitará o jogo contra Bahia.

"Não sei quem é. Só espero que ele faça uma boa arbitragem e não interfira na partida", concluiu.

Enquanto o Corinthians luta pelo G4, o Bahia está na zona de rebaixamento na 17ª posição com 23 pontos em 22 jogos. 

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos