Roberto Carlos elege seus favoritos para a Copa das Confederações

A Rússia sediará, em 2017, mais uma edição da Copa das Confederações, torneio que antecede a Copa do Mundo e conta com o país anfitrião, o atual campeão mundial e os campeões de cada continente. E um brasileiro que já venceu a competição traçou suas expectativas para a competição que ocorrerá entre julho e julho deste ano: o ex-lateral-esquerdo Roberto Carlos.

Roberto venceu a edição de 1997 das Confederações, tendo ficado ausente do título de 2005, apesar de ter sido chamado para a Copa do ano seguinte, na Alemanha. Nesta terça-feira, em entrevista para o site oficial da Fifa, o ex-atleta comentou quem, em sua visão, são os nomes mais fortes para vencer o título.

“Portugal, México ou Alemanha deverão vencer. São três times que eu aprecio ver jogar e todos eles tem ótimos jogadores. Teremos apenas que esperar a ação começar”, opinou Roberto Carlos.

Após campanha de superação na Eurocopa, Portugal chega ao torneio como representante do Velho Continente, tendo em Cristiano Ronaldo, atual melhor jogador do planeta, grande trunfo para buscar o troféu. O México, de Juan Carlos Osorio, é o representante da Concacaf. A Alemanha, após o título mundial em 2014, no Brasil, chega com sua forte e promissora jovem geração em busca de mais uma conquista.

Serão oito equipes participantes, e Portugal e México se juntam a anfitriã Rússia e a Nova Zelândia no grupo A. A Alemanha faz companhia ao Chile, vencedor da Copa América, Camarões e Austrália no grupo B.