Roberto aguarda ligação do Inter para trocar Giovanni por Valdívia

O presidente Roberto de Andrade negou que já tenha alinhavado a troca do meia Giovanni Augusto por Valdívia, do Internacional. O que não significa que o Corinthians esteja fechado à possibilidade de negociação.

“Vira e mexe, o Internacional quer saber de algum jogador. Quando é assim, eles nos ligam. No caso específico do Valdívia, ainda não houve nada”, assegurou Roberto de Andrade, que acompanhou a delegação corintiana em Ribeirão Preto, onde assistiu a um empate por 0 a 0 com o Botafogo-SP, neste sábado.

Como o próprio presidente do Corinthians admitiu, o Inter já manifestou interesse em trocar o meia Guilherme (mais um em baixa no clube do Parque São Jorge) pelo volante Anderson, que parou no Coritiba. Giovanni Augusto, por sua vez, virou pauta em Porto Alegre recentemente.

Para ter o meia que o Corinthians contratou do Atlético-MG em 2016 e não obteve o retorno técnico esperado, o Inter estava disposto a ceder o meio-campista venezuelano Seijas. O nome não empolgou, e a negociação só evoluiu quando o técnico Antônio Carlos Zago aceitou abrir mão de Valdívia, hoje reserva.

“O Valdívia é um bom jogador. Não tenha dúvidas. Em relação à parte técnica, eu o admiro bastante. Poderia servir muito”, admitiu Roberto de Andrade, antes de voltar a adotar um tom misterioso. “Como não fomos procurados, tudo o que eu falar é chute. Pode ser que tenha alguma coisa? Pode. Vamos aguardar uma procura.”

O técnico Fábio Carille é ainda mais cauteloso ao falar da possível chegada de Valdívia. Ao mesmo tempo em que elogia Giovanni Augusto, ele evita atrapalhar o andamento da negociação. “Não vou falar sobre jogadores que podem vir para cá. Já dei entrevistas nessa linha e mudaram muito o que falei”, justificou.

Caso concretizado, o acerto do Corinthians com Giovanni Augusto seguirá o exemplo da contratação do atacante Clayton, que estava no Atlético-MG e acabou emprestado até o final do ano, em troca pelo meia Marlone. Os dois jogadores também sofriam contestações em seus clubes.