Robben, Yaya Touré, Obi Mikel e mais: como está a situação dos alvos do Botafogo

Goal.com

Quando o Botafogo tentou contratar o japonês Keisuke Honda, muitos não acreditaram que isso seria possível. Mas ele veio. E agora, o clube carioca tem novos alvos de peso, consagrados no futebol europeu. 

Depois de Honda, Yaya Toure, com passagens por Barcelona e Manchester City, e Obi Mikel, ex-Chelsea, surgiram como alvos. Agora, Ricardo Rotenberg, vice-presidente do clube, revelou que também está sondando Arjen Robben, ídolo do Bayern de Munique, e os gêmeos Fábio e Rafael.

É verdade que a situação financeira da equipe não é das melhores. Atualmente, o Botafogo é o clube com a maior dívida do Brasil, de mais de R$ 800 milhões. Além disso, a crise causada pelo novo coronavírus também atinge a todas as equipes do futebol, que estão sem as receitas de bilheteria, sem direitos de TV e negociam reduções salariais com jogadores e funcionários. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mesmo assim, o Botafogo trabalha para montar um time de “galácticos” e brigar por títulos importantes assim que o futebol retornar. Veja como está a situação dos alvos do clube da Estrela Solitária.

Arjen Robben

Arjen Robben Bayern Munich 2018-19
Arjen Robben Bayern Munich 2018-19
Foto: Getty Images

Ricardo Rotenberg revelou que fez uma sondagem sobre Arjen Robben, atacante holandês de 36 anos que está aposentado desde julho de 2019. O dirigente contou que houve uma conversa e que o jogador ficou feliz com o interesse do clube. 

“Ele é meu ídolo, acho um grande jogador. Tem o risco porque está muito tempo parado. Sondei, ele soube e me respondeu. Ficou feliz com a procura do Botafogo”, revelou ao Canal TF.

O dirigente ainda afirmou que tem a ajuda do empresário Marcos Leite na tentativa, mas destaca que não passou de sondagem, até agora. Marcos Leite também participou do acerto com Honda e representa o marfinense Yaya Touré.

“Pedi ao Marcos Leite para ajudar a entrar contato com o Robben. Ele conseguiu o contato, falou com o empresário do Robben. Me ajudou nessa. Com o Obi Mikel, tratamos com outro cara. Mas o Robben foi com ele também. É muito difícil, está há muito tempo sem jogar e, se quiser, pode ganhar quatro vezes mais lá fora. Mas, ele sabe do Botafogo”, completou.

Yaya Touré

Yaya Toure
Yaya Toure

Assim que o marfinense de 36 anos apareceu no radar do Botafogo a torcida do clube enlouqueceu. Porém, a negociação no início não avançou como os cariocas queriam. A definição só não ocorreu porque uma mudança para o Brasil interferiria muito na vida pessoal da família do jogador.

Segundo o UOL, o principal problema foi com os três filhos de Yaya, que estão em meio ao ano letivo até o fim de maio. Assim, uma transferência depois disso é vista com bons olhos pelo jogador. Mas no momento, as tratativas estão paralisadas por conta da pandemia do novo coronavírus.

Mesmo assim, o Botafogo segue confiante na negociação e acredita que o meia realmente queira vestir a camisa alvinegra.

Obi Mikel

John Obi Mikel Chelsea
John Obi Mikel Chelsea
Foto: Getty Images

A situação do nigeriano, que está sem clube no momento, é parecida com a de Yaya Touré. As conversas tiveram início antes da pandemia da Covid-19 e agora seguem paradas, mas serão retomadas assim que a situação for normalizada. 

“Eles [Yaya e Mikel] disseram que, quando as coisas estiverem próximas do fim, voltamos a conversar. O que seduz muito eles é o Botafogo, sua torcida, e o Rio de Janeiro, o Brasil. Não há garantia, primeiro porque eles pedem muito dinheiro, segundo porque a pandemia desorganizou um pouco e terceiro porque o Botafogo não tem dinheiro”, explicou Rotenberg ao Canal do TF.

Mesmo assim, o dirigente mostrou confiança e disse acreditar que as duas contratações ainda são possíveis.

“Na cabeça do maluco aqui, sim, aconteceria, mas são dois salários. Hoje está muito pau a pau. Ambos tem aval do Autuori [técnico]. Se nenhum dos dois quiser, vamos ter que caçar alguém. Tem chance de os dois virem, mas está meio parado, não sabem quando retorna, estão preocupados [com a pandemia], gostariam de ter uma conversa um pouco mais clara no futuro”.

Fábio e Rafael

Rafael da Silva Fabio da Silva Manchester United
Rafael da Silva Fabio da Silva Manchester United
Foto: Getty Images

Por fim, Rotenberg também contou que teve uma conversa com os gêmeos Fábio e Rafael. Os jogadores foram formados no Fluminense, mas já disseram outras vezes que torcem pelo Botafogo e revelaram o desejo de vestir a camisa do clube. 

Diante disso, o dirigente aproveitou o embalo para fazer contato com a dupla. E segundo ele, os dois podem pintar em General Severiano a partir de 2021.

“O Fábio ficou muito emocionado por receber uma ligação de um dirigente do Botafogo. O Rafael também, disseram que são alvinegros até a alma. Liguei para eles e falei: ‘o Botafogo quer vocês’. Mas, sabemos que os contratos deles vão até junho de 2021. Um pré-contrato só seria possível a partir de janeiro. Então, não podemos fazer nada até lá. Mas, as portas estão abertas. Eles deram entrevistas, falaram que gostariam de jogar no Botafogo. E respondi de volta: ‘o Botafogo também quer vocês’”.

Leia também