RMP vê 'fim de ciclo' de Renato e diz que Gabigol está 'abaixo' no Flamengo: 'Precisa recuperar o ritmo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O jornalista Renato Mauricio Prado afirmou, em live do Uol Esportes, após a vitória do Flamengo sobre o Atlético-GO, que Gabigol estaria abaixo de seu desempenho habitual no Rubro-Negro carioca, e que está falhando em um quesito específico - o passe.

- O Gabigol não fez gol, mas não é por isso. Está errando passe e não está no melhor momento dele. Ele precisa melhorar e aproveitar esses jogos para recuperar o ritmo. O que ele errou de passe foi uma grandeza, ainda que tenha dado o passe perfeito na tabelinha com Michael. Para mim, ele está bem abaixo do normal - disse.

O jornalista completou relembrando os tempos de Jorge Jesus, e afirmando que o atacante conseguia ser mais efetivo pois se posicionava melhor em campo.

- Isso, na época do Jorge Jesus, era rotatividade. Quando ele caía para lá, o Everton Ribeiro caía para dentro. Aí o time rodava como um carrossel e se encaixava todo. Agora, não está acontecendo. Não gosto, principalmente, quando ele volta ao meio-campo, pede a bola, recebe e a devolve para o mesmo cara que tocou para ele. É uma jogada de uma inutilidade completa. Espero que, nos próximos jogos, o Gabigol volte a ser o Gabigol que se consagrou no Flamengo - completou.

Depois, em sua coluna no mesmo portal, o jornalista afirmou que acredita que o fim do ciclo de Renato Gaúcho está próximo, mesmo com uma possível conquista da Libertadores.

- É difícil imaginar que Renato Gaúcho permanecerá no cargo. Os portugueses Jorge Jesus, Carlos Carvalhal e o argentino Marcelo Gallardo são sonhos de consumo na Gávea. Nem a conquista da Libertadores parece capaz de garantir sobrevida a Portaluppi, que teve, enfim, o time de 200 milhões nas mãos, mas se mostrou incapaz de conduzi-lo - afirmou.

Com a vitória desta sexta, o Flamengo chegou aos 53 pontos e voltou à vice-liderança. O time de Renato Gaúcho está a nove do líder Atlético-MG, com 62. Na próxima segunda-feira, o Rubro-Negro vista a Chapecoense, na Arena Condá, às 20h.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos