RMP cutuca 'choro' sobre Flamengo x Atlético-MG na Libertadores de 1981: 'Galo ganhou o que naquele período?'

·2 minuto de leitura


O jornalista Renato Maurício Prado classificou o "polêmico" jogo Flamengo x Atlético-MG, na Libertadores de 1981, como um "chororô de 40 anos". Com uma possível final da competição sul-americana, em 2021, entre os brasileiros, Renato decidiu relembrar a partida, que assistiu dentro do Estádio Serra Dourada, em Goiânia, para a semifinal: "Será que todos os seus jogos foram apitados por José Roberto Wright?".

+ Confira a tabela de jogos e a classificação do Brasileirão Série A


Renato, que estava próximo ao gramado no dia, conta que sentiu o clima tenso entre os atletas dentro de campo - embora alguns representantes de Flamengo e Atlético Mineiro fossem companheiros de Seleção Brasileira. Em determinado momento do jogo, o árbitro José Roberto Wright teria avisado que expulsaria o jogador que fizesse a próxima falta após distribuir punições aos atletas.

- Depois de distribuir alguns cartões amarelos, Wright se cansou, chamou os dois capitães e foi bem claro. Como disse, eu estava atrás do gol e ouvi claramente a advertência, feita pelo árbitro aos berros. A partir daí, virou zona - comentou ele, que seguiu:

Flamengo x Atlético-MG - Libertadores 1981
Flamengo x Atlético-MG - Libertadores 1981

Atlético-MG x Flamengo terminou por ausência de jogadores do Galo em campo (Reprodução/Internet)


- O Atlético Mineiro tinha um grande time? Sem dúvida. Mas o Flamengo era melhor. Quem não estiver preocupado em defender teorias de conspiração etc, que se pergunte o que essas mesmas equipes fizeram a partir daquela noite alucinada no Serra Dourada. O Flamengo foi campeão da Libertadores, do Mundo e dos dois campeonatos brasileiros subsequentes: 1982 e 1983. O que o Atlético ganhou de importante nesse período? Nada. Será que todos os seus jogos foram apitados por José Roberto Wright? - encerrou ele, em seu blog no Uol.

Em 2021, o Flamengo precisa vencer a semifinal contra o Barcelona de Guayaquil, do Equador, para garantir sua vaga na final da Libertadores deste ano. Pelo outro lado da chave, Palmeiras e Atlético Mineiro disputam a outra vaga na decisão. Nas redes sociais, após a classificação dos clubes para as semifinais, os torcedores foram ao

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos