Rizek reage a nota em que Brusque diz que rival não sofreu racismo: 'Só faltou escrever que era mimimi'

·1 minuto de leitura


O jornalista André Rizek reagiu ao posicionamento oficial do Brusque que disse que Celsinho, do Londrina não sofreu injúria racial, em jogo realizado neste fim de semana, e que o atleta é 'conhecido por ser envolver nesse tipo de episódio'. O apresentador do SporTV repudiou a nota e disse que só faltou o clube dizer que a denuncia foi 'mimimi' por parte de Celsinho.

+ Veja a tabela da Série B!

- Sou um homem branco, da elite brasileira. Não sei o que é sofrer racismo e jamais saberei. Então, quando um negro relata ter sido vítima desse inferno, minha obrigação é ouvi-lo e refletir - inclusive sobre meus atos. Essa nota do Brusque. Em vez de refletir sobre as razões que levam alguém a denunciar atos racistas repetidas vezes, prefere atacar a vítima. Coisa abjeta! Só falou escrever que era “mimimi” do Celsinho - diz Rizek.

+ Veja a nota oficial do Brusque sobre o caso

- Por fim, não são os homens brancos, como eu, que decidem do que pode chamar o cabelo de um negro, né? Esse tempo já passou e não deixa saudade. Acorda, Brusque! Tome vergonha na cara para se retratar da vergonha dessa nota - completa.

Esta foi a terceira vez somente nesta Série B que o jogador do Londrina sofre com o racismo. Durante jogo contra o Goiás, um narrador e um comentarista da Rádio Bandeirantes Goiânia também fizeram ataques ao meia, falando de maneira pejorativa do cabelo de Celsinho. E em confronto contra o Remo, o atleta também ouviu ofensas ao seu cabelo afro pelo narrador da Rádio Clube do Pará.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos