Rizek critica Diniz por briga com Tchê Tchê: 'Se meu chefe fala assim comigo, denuncio por assédio moral'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O apresentador André Rizek foi mais um a criticar o treinador Fernando Diniz pela discussão com Tchê Tchê na derrota do São Paulo por 4 a 2 para o RB Bragantino. Segundo o jornalista, se seu chefe falasse assim com ele, iria denunciá-lo por assédio moral.

- Não sou jogador de futebol, não sei esses códigos de ética do futebol. Se o meu chefe fala assim comigo, eu vou no compliance, vou denunciá-lo por assédio moral. Eu não aceito que um superior - ou que qualquer pessoa - me trate dessa forma. Não aceito. O futebol tem alguns códigos que são diferentes e que acho que tem que mudar - afirmou no 'Seleção SporTV'.

Confira a tabela de classificação do Brasileirão Série A

Rizek afirmou que a atitude de Fernando Diniz, que ofendeu o volante Tchê Tchê após a expulsão do atleta, foi 'no mínimo, deselegante'.

- Eu lido com comunicação, a palavra do Diniz para o Tchê Tchê foi clara. E eu acho, no mínimo, deselegante tratar alguém assim - completou.