Rizek comenta detalhes da negociação do Botafogo pela SAF e revela perfil de investidor

·2 min de leitura
André Rizek analisou quais foram os principais jogadores da Europa (Reprodução/Sportv)


O Botafogo recebeu uma proposta para os ativos da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) e o acordo está próximo de se concretizar. No programa “Seleção Sportv”, o apresentador André Rizek, que já havia dado informações sobre a negociação, revelou detalhes sobre o investidor buscado pela XP para o projeto.

> #FechadoComJorgeBraga: torcida do Botafogo lança campanha em apoio ao CEO do clube

- O Botafogo despertou alguns interesses, três, mas dois a XP descartou e nessa semana apareceu o investidor que tem time na Europa. Sei quem é esse investidor, mas assumi compromisso de não revelar o nome. É um empresário que tem história não apenas ligada ao futebol, mas também em conglomerado de mídia. O interesse é também nas mídias do clube, nos canais do clube, como acontece na Europa. Está na principal liga do mundo, o clube não vem tendo bons resultados, mas o time é interessante. Tem outros clubes e está adquirindo 25% de um clube muito grande do futebol. Seria o quarto clube do portfólio dele. Atende requisitos de ter reputação no meio – afirmou Rizek.

Ainda sobre a negociação, Rizek atualizou o andamento da conversa das partes envolvidas e corrigiu a informação antiga sobre os valores da proposta. O Botafogo havia enviado uma contraproposta com um novo valor e, segundo o apresentador, foi aceita pelo investidor.

> Retrospectiva LANCE!: Enderson Moreira ‘faz mágica’ e se torna campeão com o Botafogo em 2021

Nesta quinta-feira, Rizek havia informado sobre os valores da negociação, que era de R$ 400 milhões. O apresentador corrigiu o valor e atualizou o andamento da negociação, em que o Botafogo realizou uma contraproposta ao investidor. Segundo Rizek, o pedido do clube foi aceito.

– O valor, nesse caso, estava equivocado em falar R$ 400 milhões. O valor de aporte inicial é menor, é de R$ 350 milhões. Embora os R$ 50 milhões não façam diferença para ele (investidor) ou para a dívida do Botafogo, o clube pediu valor maior que o do Cruzeiro. Pode ser que feche em R$ 405 milhões, R$ 410 milhões. Não é isso que vai emperrar o negócio. O Botafogo fez pedido que já foi aceito - comentou.

- Ele (o investidor) não é só comprador, é revendedor também, visa o lucro. Se quiser vender o Botafogo, o clube quer ter que autorizar a venda. Ele disse que não há problema. O Botafogo tem o direito de dizer sim ou não. Era exatamente o clube que o investidor queria. Procurou um clube de torcida grande, tradicional, mas não gigante do tamanho das maiores do Brasil. Se encaixava perfeitamente. O que está faltando? O Botafogo tem conselho da SAF, não é o Conselho Deliberativo. Se não me engano, são oito caciques. Cabe a eles, se a proposta for formalizada. Está todo mundo feliz, vai ser levado para a votação do Conselho - explicou o apresentador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos