River Plate vira fora de casa e segue 100% na Copa Libertadores

O River Plate vai aparecendo como um dos candidatos ao rótulo de favorito ao título da Copa Libertadores da América de 2017. Nessa quinta-feira, o time argentino deu uma grande demonstração de sua força. Mesmo fora de casa, no estádio Banco del Pacífico Capwell, no Equador, o River venceu o Emelec por 2 a 1, de virada. Os três pontos mantêm os visitantes com 100% de aproveitamento depois de três rodadas pelo Grupo 3. Já os donos da casa, com três pontos, ocupam a terceira posição, à frente do Melgar apenas por causa do saldo. O Independiente Medellín é o segundo, com seis pontos, mas, assim como o lanterna, já fez quatro jogos.

Nessa quinta, o Emelec não pode reclamar de nada. Além de ter sua fanática torcida a seu favor, ainda conseguiu um gol logo no primeiro minuto. Mondaini recebeu entre os zagueiros e deixou Preciado na boa para abrir o placar. Foi um verdadeiro balde de água fria em cima do River Plate.

Aos pontos, os argentinos começaram a se impor e a dificultar as coisas para os mandantes. O maior susto veio aos 22, quando Alario chegou a balançar as redes, mas a arbitragem anulou a jogada alegando impedimento.

O Emelec já não chegava tanto ao ataque, mas, deu a resposta 15 minutos depois. Marlon completou para o gol, mas também teve sua comemoração frustrada por causa da linha de impedimento.

Depois das duas tentativas, ficou claro que era apenas questão de tempo para o placar ser alterado. Melhor para o River Plate, que conseguiu o empate antes do intervalo, aos 41. Bola alçada na área, Alario tocou de cabeça e Jorge Moreira deixou tudo igual.

Na segunda etapa, o jogo seguiu com os dois times criando e dando espaço para o adversário. O duelo até fugia às características dos dois times, mas, trouxe emoção para os torcedores.

E quando a partida já começava a ficar com cara de empate, apesar das oportunidades desperdiçadas, o River deu seu golpe final, aos 35 minutos. O goleiro Dreer espalmou chute de Mayada, mas não pôde fazer nada para impedir a finalização de Alario, no rebote do lance.

Agora, os dois times voltam a se enfrentar dia 10, dessa vez no Monumental de Nuñez. Assim, todos os times do Grupo 3 ficarão com os mesmos quatro jogos disputados e também será a grande chance para os argentinos confirmarem a vaga na próxima fase com antecedência.