Rivalidade entre Cristiano Ronaldo e Messi ganha novo capítulo em Riad

Torcedores russos exibem máscaras de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo durante Copa do Mundo, em Sochi, Rússia

Por Manasi Pathak

(Reuters) - Um novo capítulo na célebre rivalidade entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi ocorrerá na quinta-feira, quando os dois se enfrentam em uma partida amistosa, enquanto o atacante português se prepara para seu primeiro jogo na Arábia Saudita desde que chegou ao Al Nassr.

Depois de uma carreira brilhante na Europa que o levou a ganhar quatro títulos da Liga dos Campeões com o Real Madrid e dois Scudettos na Juventus, Ronaldo assinou com o Al Nassr, descrevendo-o como o "momento certo" para compartilhar sua experiência na Ásia.

O clube saudita é a mais recente parada na carreira de Ronaldo, que começou em 2002 no Sporting, antes de o atacante ter duas passagens pelo Manchester United, sendo que a última terminou de forma amarga.

Ronaldo e Messi, que dominaram o debate do futebol por quase 10 anos, se enfrentarão em campo na quinta-feira pela primeira vez desde dezembro de 2020, quando a Juventus venceu o Barcelona por 3 x 0.

Ronaldo vai liderar o Riyadh ST XI, equipe formada por jogadores do Al Hilal e do Al Nassr, contra o Paris Saint-Germain de Messi na disputa amistosa em que nada está em jogo, mas os torcedores estão animados com a perspectiva de assistir ao duelo das duas estrelas.

O confronto no Estádio King Fahd em Riad teria registrado mais de dois milhões de pedidos de ingressos online.

A oferta por um ingresso VIP "Beyond Imagination" para a partida já ultrapassou 2,66 milhões de dólares em um leilão que deve terminar ainda na terça-feira.

O jogo ocorre pouco mais de um mês depois que Messi ajudou a Argentina a vencer a Copa do Mundo de 2022, a peça que faltava em sua vasta coleção de troféus.

Ronaldo também ganhou as manchetes durante o torneio, tornando-se o primeiro jogador a marcar em cinco Copas do Mundo, mas acabou de forma desastrosa para ele depois que Portugal foi eliminado nas quartas de final pelo Marrocos.

O jogo de exibição também contará com outros jogadores importantes do PSG, como Kylian Mbappé, Sergio Ramos e Neymar, enquanto os sauditas Salem Al-Dawsari, que marcou na surpreendente vitória sobre a Argentina na fase de grupos, e Saud Abdulhamid também jogarão.

(Reportagem de Manasi Pathak em Bengaluru)