Rival do Athletico na Sul-Americana tem falência decretada e bens apreendidos; Jogo está confirmado

Lucas Humberto
·1 minuto de leitura

Faltando apenas um dia para receber o Athetico-PR pela Copa Sul-Americana, o Aucas enfrenta mais um polêmica. A polícia do Equador tomou posse de bens do estádio do clube em razão das dívidas não pagas. O débito do time é de US$ 1,2 milhões, aproximadamente R$ 6,7 milhões. A instituição esportiva teve falência decretada e agora precisará informar a Justiça se irá liquidar suas pendências.

A imprensa local não informou quais e quantos bens foram levados, mas sabe-se que um interventor cuidará deles. De qualquer maneira, a partida segue agendada para 21h30 de Brasília desta terça-feira (20), no Estádio Chillogallo, em Quito (Equador).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Surto de Covid-19

O Aucas está enfrentando dias turbulentos há algumas semanas. Recentemente, o clube viu mais de 20 jogadores testarem positivo para Covid-19 e entrou em campo com apenas sete atletas diante do Barcelona de Guayaquil. O time levou dois gols em menos de 20 minutos e perdeu o goleiro por lesão. Diante do mais absoluto caos, o jogo foi suspenso.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Na rodada seguinte, o clube entrou em campo pelo Equatoriano com um time repleto de jovens e sofreu mais um revés, dessa vez diante do Olmedo, por 3 a 1. Em meio às más notícias, os torcedores tiveram, ao menos, um alento: a nova bateria de testes apontou vários negativos no plantel e somente "quatro ou cinco" ainda apresentaram positivo para doença, conforme informações da imprensa local.

Com informações do ge.