'Rivais' na França, Cafú e Jemerson iniciam passagem pelo Corinthians mostrando disposição e bom humor

Alexandre Guariglia
·3 minuto de leitura


As contratações de Jemerson e de Jonathan Cafú pelo Corinthians aconteceram de forma separada, mas a dupla foi apresentada ao mesmo tempo na última terça-feira. Acontece que a relação entre os dois não começou agora, pois seus caminhos já se cruzaram em outro lugar: no futebol francês, onde foram contemporâneos e rivais por uma temporada e meia. Hoje companheiros de clube, eles parecem ter iniciado essa parceria com muito entrosamento.

Na França, Jemerson atuou por quase cinco anos pelo Monaco, onde ficou entre 2016 e 2020. Enquanto Cafú defendeu as cores do Bordeaux por quase três anos, com empréstimos para outros clubes nesse período. No meio dessa história, eles chegaram a se enfrentar pelo Campeonato Francês em duas oportunidades, com uma vitória para cada lado no confronto.

O primeiro jogo aconteceu no dia 28 de outubro de 2017, primeiro ano de Cafú no Bordeaux, e o segundo de Jemerson no Monaco. Naquele dia o atacante era reserva e entrou em campo apenas aos 36 minutos do segundo tempo. O zagueiro, por sua vez, foi titular e atuou durante os 90 minutos. Melhor para o clube monegasco, que venceu por 2 a 0 jogando fora de casa.

Já o segundo jogo ocorreu 24 de novembro de 2019, há menos de um ano. Ambos foram titulares por seus clubes naquela ocasião. Cafú acabou sendo substituído aos 45 minutos da segunda etapa e Jemerson permaneceu em campo até o apito final. Dessa vez quem se deu melhor foi o Bordeaux, que venceu por 2 a 1, com direito a gol do ex-corintiano e zagueiro Pablo.

Essa lista de confrontos poderia ter sido maior, como no dia 2 de março de 2018, quando Jemerson foi titular do Monaco, mas Jonathan Cafú não foi nem relacionado para o duelo. Além da temporada 2018/2019, em que o atacante ficou emprestado ao Estrela Vermelha, da Sérvia, e do primeiro semestre de 2020, quando foi para a Arábia Saudita e o zagueiro estava afastado do elenco.

Na entrevista coletiva de apresentação, na última terça-feira, de forma muito bem humorada, eles discordaram dos números gerais do confronto individual da dupla na França. Cafú, até brincou com o atual companheiro e disse ter levado vantagem até mesmo no posicionamento dentro de campo.

- A gente se enfrentou lá acho que umas quatro vezes, saímos vitoriosos em duas. Na última que teve saímos vitoriosos, porque eu estava jogando. Jogando em cima dele, tomando a frente dele - disse o atacante.

- Claro que não. Ganhamos mais vezes do que vocês - discordou o zagueiro, que veio com dados mais corretos, como mostramos acima.

- Enfim, ele ganhou, também ganhamos. Hoje estamos aqui no Corinthians e vamos dar alegria para o povo corintiano - garantiu Cafú.

Não foi o primeiro momento de descontração da dupla desde a chegada ao Corinthians. Em vídeo publicado pela TV oficial do clube, na última segunda-feira, os jogadores brincaram sobre o fato de serem considerados parecidos fisicamente pelo elenco. Foi aí que a discordância amistosa começou.

- Eu não sei, eu sou mais bonito (risos) - afirmou Jemerson.

- É percepção dele, se ele está falando, quem sou eu para contrariar ele? O importante é lá dentro de campo, jogar junto, entrosar o mais rápido possível para ajudar o Coringão - devolveu Cafú em tom de brincadeira.

- Então vou raspar o meu cabelo ou você raspa (risos) - finalizou o zagueiro.

Apesar da vontade de jogarem juntos e estrearem pelo Timão, é incerta a participação deles na partida do próximo sábado, diante do Atlético-MG, às 19h, na Neo Química Arena, pela 21ª rodada do Brasileirão-2020. Ambos dependem de condicionamento físico adequado e serão avaliados durante a semana pela comissão técnica para saber se irão para a lista de relacionados.