Rivais do Brasil: Sérvia se destaca, e Suíça e Camarões decepcionam em testes antes da Copa do Mundo

Primeira adversária do Brasil, a Sérvia goleou o Bahrein (Foto: Divulgação / Twitter Seleção Servia)


Prontos para a Copa. Os três rivais da Seleção Brasileira no Grupo G realizaram seus últimos testes na equipe antes do início da disputa do Mundial. A única seleção que venceu foi a Sérvia, enquanto a Suíça perdeu e o Camarões empatou. Os jogos de estreia do grupo acontecem na próxima quinta-feira.

+ Da convocação ao casamento: Pedro conta detalhes de quando foi chamado para a Copa pela Seleção

SÉRVIA
Primeira adversária do Brasil na Copa do Mundo de 2022, a Sérvia goleou o Bahrein por 5 a 1 em um amistoso na última sexta-feira. A equipe entrou em campo desfalcada, sem Mitrovic, Kostic, Veljkovic e Lukic. Mesmo assim, impôs seu estilo de jogo e viu Tadic ser o destaque com dois gols e uma assistência.

A Sérvia se destacou na bola aérea, bola parada e pela imposição física de seus jogadores. No primeiro tempo, a equipe teve dificuldades de transição ofensiva e ficou evidente a importância de Vlahovic no esquema do técnico Stojkovic. O atacante da Juventus entrou no intervalo, mudou o jogo e contribuiu para construir a goleada.

+ Astro da Sérvia, Tadic celebra preservação física da equipe em vitória antes da Copa do Mundo

SUÍÇA
A Suíça decepcionou e sofreu uma derrota na última quinta-feira por 2 a 0 para a Gana, seleção que também está na Copa do Mundo. Os suíços tiveram bom equilíbrio para trocar passes e criar as jogadas. Porém, o que chamou a atenção foram as falhas defensivas, sobretudo na bola aérea.

O primeiro gol da Gana veio justamente na bola aérea, em jogada de escanteio. Foi a terceira chegada com perigo pelo alto sofrida pelos suíços. E o segundo, aconteceu após uma desorganização defensiva, que deu espaços para os atacantes ganeses entrarem na área.

+ Hotel luxuoso e estádio: conheça a estrutura da Seleção no Qatar para a Copa do Mundo

CAMARÕES
A seleção camaronesa enfrentou o Panamá na última sexta-feira e ficou apenas no empate em 1 a 1. O Camarões só conseguiu abrir o placar na etapa final e não soube se segurar na defesa, sofrendo o empate logo em seguida, de pênalti.

O grande destaque do Camarões foi o Choupo-Moting. O atacante, que vive grande fase no Bayern de Munique, entrou no intervalo do jogo e precisou de apenas três minutos para marcar um gol. Depois, deu trabalho para a defesa do Panamá, criando boas chances no ataque.