Manchester United vacila, leva gol no fim e empata com Anderlecht na Bélgica

Redação Central, 13 abr (EFE).- O Manchester United vacilou, sofreu um gol no fim e ficou no empate com o Anderlecht em 1 a 1, nesta quinta-feira em que foram disputados os jogos de ida das quartas de final da Liga Europa, que tiveram Ajax e Celta de Vigo largando com vitórias sobre Schalke 04 e Genk, respectivamente.

Na Bélgica, os 'Diabos Vermelhos', que dominaram boa parte da partida, largaram na frente do placar aos 37 minutos do primeiro tempo, com gol do meia armeno Henrik Mkhitaryan, que balançou as redes aproveitando rebote de uma finalização do atacante inglês Marcus Rashford.

Na segunda etapa, o time inglês teve uma grande chance para ampliar aos 37, quando o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic deu passe cheio de categoria, com "cavadinha", para o meia francês Paul Pogba, que desperdiçou, cara a cara o goleiro espanhol Rúben Martínez.

Conforme diz a máxima do futebol, "quem não faz, leva", e foi justamente o que aconteceu com o United. Aos 41, o meia belga Leander Dendoncker deixou tudo igual em cabeçada certeira que levou ao delírio a torcida da equipe da casa.

Na escalação para o duelo disputado em Bruxelas, uma das grandes novidades apresentadas pelo técnico português José Mourinho foi a troca no gol, com o argentino Sergio Romero ocupando o lugar do espanhol David de Gea, cada vez mais envolvido em rumores sobre nova investida do Real Madrid para contratá-lo.

Este foi o quinto jogo do United depois da fase de grupos da Liga Europa. Primeiro, a equipe bateu o Saint-Étienne duas vezes, avançando na fase 16 avos de final, e, em seguida, foi a vez de conquistar uma vitória e um empate para eliminar o Rostov.

O time que largou com grande vantagem nos confrontos disputados nesta quinta-feira pelas quartas de final foi o Ajax, que derrotou o Schalke 04, na Amsterdam Arena, por 2 a 0, graças a atuação decisiva do meia holandês Davy Klaassen.

O camisa 10, capitão da equipe da capital holandesa, abriu o marcador aos 23 da etapa inicial, cobrando pênalti. No segundo tempo, aos 7, artilheiro da noite ampliou, garantindo o êxito para os donos da casa.

O meia-atacante brasileiro David Neres, ex-São Paulo, começou o jogo no banco de reservas do Ajax e entrou aos 29 do segundo tempo, substituindo o atacante Justin Kluivert, filho do ex-jogador da seleção holandesa Patrick Kluivert.

Na Espanha, o Celta de Vigo venceu o Genk, da Bélgica, por 3 a 2, mas vai para o confronto de volta em estado de alerta, devido aos gols sofridos dentro de seu estádio, que valem como critério de desempate caso haja igualdade em pontos e no saldo de gols.

Os atrevidos visitantes saíram na frente aos 10 minutos do primeiro tempo, com gol do meia holandês Jean-Paul Boetius. Ainda na etapa inicial, o time espanhol virou com gols de seus atacantes: o dinamarquês Pione Sisto, aos 15, o espanhol Iago Aspas, aos 18, e o sueco John Guidetti, aos 38.

O meia belga Thomas Buffel deu números finais à partida aos 22 da etapa complementar, apenas cinco minutos depois de sair do banco de reservas, para desespero dos anfitriões, que serão eliminados se perderem por 1 a 0, 2 a 1 ou por dois gols de diferença.

Os jogos de volta pelas quartas de final acontecerão na próxima quinta-feira, todos às 16h05 (horário de Brasília). No dia seguinte será feito o sorteio dos confrontos das semifinais, em Nyon, na Suíça, onde fica a sede da Uefa. EFE