Risco de nova lesão no pé de Neymar preocupa ex-médico do PSG, diz jornal

Goal.com
Ex-diretor médico do Paris Saint-Germain diz que "o pé do atleta é fraco e o risco de recaída do quinto metartaso é provável", segundo jornal francês
Ex-diretor médico do Paris Saint-Germain diz que "o pé do atleta é fraco e o risco de recaída do quinto metartaso é provável", segundo jornal francês

O diário Le Parisien, da França, levantou em sua publicação desta quinta-feira (15) uma questão sobre o risco de recaída de Neymar em uma lesão no quinto metatarso do pé direito.

Depois de duas lesões nessa região do corpo, o craque pode voltar a sofrer com o problema, na opinião do ex-responsável pelo departamento médico do PSG.

"O pé de Neymar é muito fraco e o risco de recaída no quinto metatarso é muito provável", disse Eric Rolland, ex-diretor médico do PSG em entrevista ao jornal francês.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O atacante sofreu lesões no pé direito em fevereiro de 2018, quando foi submetido a uma cirurgia em Belo Horizonte, e em janeiro de 2019, optando por um tratamento conservador, sem cirurgia. Em ambos os casos, ele desfalcou o PSG durante fases importantes da UEFA Champions League.

No primeiro ano, ele disputou o jogo de ida das oitavas de final, mas viu o Paris Saint-Germain perder para o Real Madrid no jogo de volta. Na temporada seguinte, o jogador nem sequer esteve em campo, mas viu os seus companheiros serem derrotados pelo Manchester United na mesma fase.

Em junho deste ano, às vésperas da Copa América 2019, ele voltou a ter um problema no mesmo pé, durante amistoso entre Brasil e Qatar. O diagnóstico foi uma torção, mas obrigou o jogador a se ausentar por mais de quatro semanas do futebol. Hoje, ele não entra em campo pelo Paris Saint-Germain e faz trabalho em separado do grupo comandado por Thomas Tuchel. Em que pese os problemas extracampo do craque, Real Madrid e Barcelona seguem interessados em contratá-lo.

Leia também