Risco em exame antidoping tirou Rodallega de dois jogos pelo Bahia

·1 minuto de leitura


Depois de ter começado com bom aproveitamento a sua trajetória no Bahia, a ausência até então sem maiores detalhes do atacante Rodallega nas listas de relacionados para os embates contra Corinthians e Athletico-PR gerou alguns questionamentos sobre qual seria a motivação.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

E o Bahia, através de comunicado, resolveu abrir para o grande público qual foi o motivo da ausência do avante colombiano que estava diretamente relacionado ao risco dele ter problemas com o tradicional exame antidoping realizado após as partidas:

- Diante da situação resolvida, o clube informa que a ausência ocorreu porque o jogador fez uso de uma medicação para tratar um quadro de otite aguda, que poderia resultar em um exame antidoping positivo.

Além do experiente centroavante, quem também voltou a figurar como peça disponível para o agora treinador Guto Ferreira foi o meio-campista Índio Ramírez, atleta que passou por um longo período de recuperação em função de lesão ligamentar no joelho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos