Rio Open e Play For a Cause se unem em ação social


O Rio Open se uniu à Play For a Cause com o objetivo de contribuir no combate à crise causada pela pandemia do COVID-19 no Brasil. Para isso, será realizado o leilão de uma experiência única na edição de 2021, que será convertido em ajuda aos projetos sociais apoiados pelo maior torneio de tênis da América do Sul.

- Para nós do Rio Open, o esporte é uma poderosa ferramenta para melhorar a saúde e a educação das pessoas. Por isso, estamos muito felizes com essa parceria com a Play for a Cause, que vai ajudar na manutenção de projetos esportivos que contemplam centenas de crianças e adolescentes de famílias de baixa renda, em um momento tão delicado - diz Márcia Casz, diretora geral do Rio Open.

- Nosso objetivo principal é mostrar que a paixão pelo esporte pode gerar um impacto muito maior e gerar recurso para impactar diretamente a sociedade. O Rio Open é o primeiro evento esportivo que oficializa essa parceria com a Play For a Cause, mostrando que eles estão alinhados com nosso objetivo e que sua preocupação também vai além das linhas da quadra. Esperamos que essa parceria seja exemplo para que outros eventos esportivos percebam que podemos, juntos, fazer do esporte uma grande ferramenta de transformação social - pontuou André Georges, fundador da Play For a Cause.

A partir desta segunda-feira (22), os fãs do tênis poderão participar do leilão no site rioopen.playforacause.com.br e disputar uma experiência inesquecível para a próxima edição, que inclui dois ingressos para o dia de Rio Open à sua escolha, acesso ao Corcovado Club (área vip do evento), backstage tour para conhecer os bastidores, Meet and Greet com um jogador, conhecer a cabine de transmissão do Sportv, transporte terrestre com carro oficial do torneio, além de duas passagens aéreas e hospedagem em quarto duplo no hotel oficial (para quem não residir no Rio de Janeiro).

Além da alta relevância esportiva, o Rio Open também acredita que o esporte pode mudar vidas e ser a esperança de um futuro melhor para as crianças e para o planeta.Nesta ação, os projetos sociais, que são beneficiados serão: Projeto Futuro Bom, Escolinha de tênis Fabiano de Paulo e o Projeto Tênis na Lagoa, todos apoiados pelo torneio desde a primeira edição. Ao todo, os três atendem cerca de 640 crianças e jovens de comunidades do Rio de Janeiro.

- Acreditamos muito no papel transformador do esporte, ainda mais nesse momento em que estamos passando. E convidamos os amantes do tênis a embarcarem nessa causa com a gente. Além de ajudar ainda vão poder garantir uma experiência única na edição de 2021 - comentou Luiz Carvalho, diretor do torneio.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também