Ricciardo vence em Monza com direito a dobradinha da McLaren

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Alan Baldwin

(Reuters) - O australiano Daniel Ricciardo venceu o Grande Prêmio da Itália com direito a dobradinha com Lando Norris da McLaren neste domingo em Monza, enquanto os principais concorrentes na disputa pelo título da Fórmula 1, Max Verstappen e Lewis Hamilton, saíram da corrida após colidirem entre si.

A vitória foi a primeira da McLaren desde 2012 e a primeira de Ricciardo desde quando ainda corria pela Red Bull em 2018.

"Já estava na hora", disse o feliz e sorridente australiano. "Liderei literalmente do início ao fim. Acho que nenhum de nós esperava isso", afirmou.

"Não apenas vencer, mas também conseguir uma dobradinha, é uma loucura. Para a McLaren, estar no pódio é um feito enorme."

Ricciardo, agora somando oito vitórias na carreira, largou na primeira fila e tirou a liderança de Verstappen já no início, completando o dia com um ponto de bônus pela volta mais rápida na reta final.

Valtteri Bottas foi o terceiro com sua Mercedes depois de vencer o treino de velocidade do sábado e, em seguida, largar no final do grid devido a uma punição.

Enquanto a McLaren comemorava, Verstappen e Hamilton não tinham motivos para sorrir.

Os dois colidiram após a saída do pitstop, com a Red Bull de Verstappen levantando do meio-fio e terminando em cima da Mercedes de Hamilton na brita, com o dispositivo de proteção de cabeça mantendo o atual campeão fora de perigo.

Ambos deixaram a prova após o acidente na primeira chicane, com a vantagem de cinco pontos de Verstappen no campeonato mantida.

"Isso é o que acontece quando você não dá espaço (na saída do pit)", disse Verstappen no rádio da equipe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos