Ricardo Oliveira é o quinto maior salário do Atlético, mesmo afastado há três meses

Victor Martins
·2 minuto de leitura
Ricardo Oliveira disputou oito jogos pelo Atlético em 2020 e marcou um gol (Fernando Moreno/AGIF)

No início de maio o Atlético-MG divulgou uma lista de jogadores que não faziam parte dos planos do técnico Jorge Sampaoli. Entre os sete atletas afastados do elenco principal, o nome de maior destaque era o de Ricardo Oliveira. Mesmo sem treinar na Cidade do Galo desde março, quando futebol parou em função da pandemia causada pelo novo coronavírus, o atacante segue como quinto maior salário do Galo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

A lista dos jogadores mais pagos pelo clube mineiro foi revelada pela BR Contracts, plataforma especializada em contrato de jogadores. Os valores são dos salários registrados na carteira de trabalho de cada atleta, que precisa ser registrado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ricardo Oliveira fica atrás apenas de Keno, o mais bem pago, e do trio Diego Tardelli, Rómulo Otero e Junior Alonso, que juntos ocupam a segunda colocação.

No entanto, o centroavante não vai seguir na lista dos por muito tempo. Ricardo Oliveira conseguiu uma liminar na Justiça do Trabalho para rescindir o contrato com o Galo, que tem duração até dezembro deste ano. O jogador alegou quatro meses de salários atrasados, além da falta de pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Além de conseguir uma liminar para rescindir o contrato, Ricardo Oliveira ainda cobra R$ 3,7 milhões do Atlético via Justiça. Além dos atrasados, o atacante pede o pagamento de multas e da verba rescisória.

Ricardo Oliveira chegou ao Atlético na temporada 2018 e teve um bom início com a camisa alvinegra. Foram 15 gols marcados no primeiro semestre daquele ano, que renderam ao atacante já veterano a prolongação do contrato, que terminaria em dezembro de 2019 e passou a ter validade até o fim deste ano. Porém, o bom momento de Ricardo Oliveira no Galo não durou muito e desde a renovação de contrato o jogador alternou entre altos e baixos. No total foram 110 partidas e 37 gols marcados.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter