Ricardinho fala sobre a qualidade dos veteranos do Ceará


Após um 2019 no sufoco, onde escapou do rebaixamento para a Série B na última rodada, o Ceará investiu pesado no mercado de transferências. A diretoria mudou o perfil do elenco e trouxe nomes conhecidos, como, por exemplo, Fernando Prass e Rafael Sobis.

O resultado até a pausa do futebol era positivo. Em 15 partidas, a equipe venceu sete e empatou oito, ou seja, saiu o Vozão é o único time da elite nacional que ainda não sabe o que é perder em 2020.

Um dos atletas mais experientes e ídolo da torcida, o meia Ricardinho concedeu entrevista ao perfil da Copa do Nordeste e contou sobre o salto de qualidade do time com peças mais ‘vividas’ dentro do futebol.

‘O Prass, Sobis, Vina, próprio Tiago Pagnussat, Klaus, o Charles, que é novo, mas tem grande potencial, são todos atletas maduros e que vem ajudando, contribuindo no papel de liderança também. São profissionais que ganharam muita coisa no futebol, grandes atletas, que têm histórias lindas e que nós precisamos tirar o melhor deles, da experiência deles e daquilo que já viveram’, comenta o meia.

Na retomada do futebol, além da Copa do Nordeste, o Vozão terá em disputa a reta final do estadual, a Copa do Brasil e o Brasileirão.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também