Rexona-Sesc leva a melhor no clássico e vence o Vôlei Nestlé

Pela 11ª vez, o time carioca e a equipe de Osasco duelarão pelo título da competição; A decisão será na Cidade Maravilhosa

Uma arena digna de um super jogo recebeu o maior clássico do voleibol feminino do Brasil. Na noite da última sexta-feira, Rexona-Sesc (RJ) e Vôlei Nestlé (SP) se enfrentaram na Jeunesse Arena, dentro do Parque Olímpico e, diante de 2.402 pessoas, o time carioca levou a melhor, vencendo por 3 sets a 1, com parciais de 25/20, 21/25, 25/21 e 25/15, em 1h50 de partida. Desta vez, o duelo foi válido pela nona rodada do returno da Superliga.

Com os três pontos conquistados nesta noite, o Sesc passou a 56 (19 vitórias e uma derrota), se mantendo na liderança e aumentando a vantagem diante do segundo colocado, justamente o time de Osasco, que se manteve com 45 depois de 15 resultados positivos e cinco negativos.

A oposto Monique foi uma das principais responsáveis pela vitória das cariocas. Com destaque, foi a mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), e foi premiada com o Troféu VivaVôlei.

- Fiquei feliz porque o ginásio estava bem cheio, mesmo sendo longe para algumas pessoas e depois da chuva forte que caiu aqui no Rio. Espero que continue assim. Jogar contra o Vôlei Nestlé é sempre enfrentar uma partida com nível de final. Foi um ginásio diferente, com bastante gente, é um clássico, essa rivalidade que existe ao longo dos anos traz isso para dentro de quadra. Hoje pareceu mesmo um jogo de final - disse Monique.

Apesar do resultado negativo de seu time, a oposto Paula, que começou no banco e entrou durante a partida, foi a maior pontuadora da partida, com 21 acertos. Sua companheira de time, a ponteira Tandara não soube explicar o porquê de seu time não ter conseguido a vitória, mas destacou que o grupo precisa evoluir para conseguir os bons resultados fora de seus domínios.

- Agora não sei explicar o que vem acontecendo com o nosso time fora de casa. No nosso ginásio, estamos invictos, mas fora não estamos tão bem. Infelizmente, hoje veio a derrota e agora temos que trabalhar ainda mais do que antes para, fora de casa, a vitória vir também.

Na décima rodada, o Rexona-Sesc terá mais um importante desafio, novamente na Jeunesse Arena. Desta vez, o adversário será o Camponesa/Minas (RS), nesta terça-feira, às 20h, com transmissão no facebook da CBV. Já o Vôlei Nestlé irá ao interior de São Paulo enfrentar o Renata Valinhos/Country (SP), no mesmo dia, às 20h30.

Festa da torcida

Os torcedores que estiveram na Jeunesse Arena nesta noite, a maioria do Rexona-Sesc, fizeram a festa. O grupo cantou o tempo todo e vibrou com cada ponto da equipe carioca. Uma das mais animadas era a estudante Jamile dos Santos, de 21 anos. Acostumada a frequentar o ginásio do Tijuca, casa tradicional do time dirigido por Bernardinho, a torcedora festejou a mudança para o ginásio na Barra da Tijuca nestes últimos jogos da fase classificatória.

"O Tijuca é a nossa casa e nos sentimos muito bem lá, claro, mas aqui é tudo bem mais estruturado. Só de estarmos com ar condicionado, sem sentir aquele calorão, já é muito melhor", brincou Jamile, que está se preparando para estar nos dois próximos compromissos do Rexona-Sesc na Jeunesse Arena. "Quero ver contra o Camponesa/Minas na terça e depois contra o Dentil/Praia Clube, na sexta da semana que vem. Espero que dê tudo certo".

A iniciativa de fazer esses três últimos jogos da fase classificatória na Arena do Parque Olímpico partiu da CBV e foi abraçada pelo Rexona-Sesc, que liderou a negociação e o acerto para esta nova oportunidade para as equipes e torcedores.

Outros resultados da rodada

O Genter Vôlei Bauru (SP) conseguiu boa vitória em casa. Diante do Rio do Sul (SC), a equipe fez 3 sets a 0 (25/21, 25/23 e 25/23), em 1h30 de jogo. A central Valquíria levou o Troféu VivaVôlei e Bruna, também do Bauru, foi a maior pontuadora, com 14 acertos.

O São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) levou a melhor sobre o Sesi-SP e, diante de sua torcida, fez 3 a 0, com parciais de 25/19, 25/23 e 25/17, em 1h28. O VivaVôlei foi para a central Andressa, que também foi a maior pontuadora do confronto, com 16 acertos.

O Fluminense (RJ) conseguiu uma vitória sobre o Pinheiros (SP) no quinto set. A equipe carioca venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/17, 23/25, 25/18, 25/27 e 15/5. Depois de 2h34 de partida, a oposto Renatinha recebeu o Troféu VivaVôlei e ainda foi a maior pontuadora da partida, com 25 acertos.

O Terracap/BRB/ Brasilia(DF) foi ao interior de São Paulo e levou a melhor sobre o Renata Valinhos/Country (SP) por 3 a 2 (20/25, 25/16, 25/19, 16/25 e 16/14), em 2h14 de jogo. A central Vivian teve atuação destacada foi premiada com o Troféu VivaVôlei.





























E MAIS: