Rexona-Sesc e Vôlei Nestlé decidem título da Superliga

Pela 11ª vez, o time carioca e a equipe de Osasco duelarão pelo título da competição; A decisão será na Cidade Maravilhosa

Um dos grandes clássicos do voleibol brasileiro terá mais um capítulo escrito neste domingo. Rexona-Sesc (RJ) e Vôlei Nestlé (SP) duelarão, às 10h, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, pelo título da 23ª edição da Superliga feminina. O SporTV e a TV Globo transmitirão ao vivo. Será a 11ª vez que o time carioca e a equipe de Osasco estarão frente a frente em uma final da competição nacional.

O Rexona-Sesc luta pelo 12º título da competição enquanto o Vôlei Nestlé busca o sexto. No confronto direto entre as duas equipes na história da competição são 82 jogos, com 47 vitórias do time carioca e 35 da equipe de Osasco. Nessa edição, uma vitória para cada lado.

O treinador do time carioca, Bernardinho, fez uma análise sobre a decisão e falou sobre o momento das duas equipes na competição.

- Tivemos altos e baixos na série semifinal contra o Minas, mas ganhamos moral depois da virada quando perdíamos por duas partidas a uma. Esses confrontos também nos deram ritmo de jogo e nos ajudaram a ajustar algumas coisas. O Osasco passou muito bem pelo time de Uberlândia (Dentil/Praia Clube). O time delas cresceu na competição e jogou muito bem os playoffs. Elas têm uma atleta muito experiente que é a Dani Lins. Ela assumiu um papel que antes foi de jogadoras como a Fernanda e a Fofão. É uma final que já se tornou um clássico com muitos confrontos decisivos - analisou Bernardinho.

Pelo lado do Vôlei Nestlé, a líbero Camila Brait falou sobre a representatividade do clássico entre o time de Osasco e o Rexona-Sesc.

-Do ano passado para esse trocamos 70% da equipe e fomos crescendo ao longo da temporada. Acredito que será uma grande partida. Rexona-Sesc contra Vôlei Nestlé é sempre um clássico. É só vermos o retrospecto dos últimos anos que entendemos o que representa esse confronto. Acredito que os torcedores vão ficar satisfeitos com o espetáculo que teremos amanhã.









E MAIS: