A revolução de Pep Guardiola - Até 17 jogadores podem deixar o Manchester City

Após 28 partidas disputadas, o Manchester City é terceiro colocado da Premier League, com 57 pontos, 12 a menos que o líder Chelsea. Na Champions League, foi eliminado para o Monaco nas oitavas de final. A chance de título nesta temporada para Pep Guardiola é a Copa da Inglaterra, que o time está nas semifinais.

O treinador não está satisfeito, quer mais do time, planeja uma verdadeira revolução. Acostumado a montar suas equipes com jogadores escolhidos por ele, pouco pode dar a sua cara aos Citizens. Na próxima temporada, de acordo com o jornal Sport, até 17 jogadores podem deixar a equipe, entre atletas que tem seu contrato terminando e prováveis vendas.

Aguero Man City Stoke

(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:
Sampaoli quer Messi | G. Jesus abandona muletas | Malcom segue de olho no Timão

Confira os jogadores que podem sair:

Contrato acabando

Jesus Navas, Yayá Toure, Zabaleta, Clichy, Sagna e Caballero

Vendas prováveis

Hart, Mangala, Nasri, Bony, Fernando, Denayer, Delph

Casos especiais

Agüero, Nolito, Iheanacho, Kompany

Os atletas que tem seu contrato acabando, não devem ter seu vínculo renovado, entre eles Yayá Toure. Por outro lado, outros nomes devem ser negociados para que reforços possam chegar e tomar seus lugares. O brasileiro Fernando, e Hart, que está emprestado ao Torino, estão nesse grupo.

O treinador catalão também terá que lidar com vários casos individuais. O mais famoso é o de Agüero, que perdeu espaço para Gabriel Jesus, chegou a ser sondado no Real Madrid, mas segue no clube.

Outro nome é o capitão Kompany, que não é o tipo de zagueiro que Guardiola queria, mas que foi titular em praticamente todos os jogos da atual campanha. Nolito e Ihenacho não tiveram muitas chances e também podem ser renegociados. No total, 17 atletas que não devem ter futuro no Etihad Stadium.