Revoltado, Neto chama Otamendi de 'bandido' e 'covarde': 'Tinha que ter um Felipe Melo na Seleção'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O apresentador da Band Neto chutou o balde na edição desta quarta-feira do 'Os Donos da Bola' ao repercutir a entrada violenta de Otamendi em Raphinha, durante o superclássico entre Argentina e Brasil que terminou em 0 a 0 pelas eliminatórias. O ex-jogador não poupou palavras para atacar o argentino.

- Esse Otamendi foi um bandido, vagabundo, safado! Ele foi covarde e agrediu o Raphinha! Se pega no dente, quebra o dente do menino! Vagabundo! - disparou.

Neto ainda criticou o fato de nenhum jogador brasileiro ter 'cobrado' o argentino dentro de campo e lembrou do ex-volante da Seleção Felipe Melo, tido como um jogador que não fugia da briga em campo.

- Nenhum jogador do Brasil foi tirar satisfação! Nenhum! O Éder Militão depois ficou rindo com o De Paul. Tinha que ter um Felipe Melo na seleção para dar no meio do Messi! - completou.

A Conmebol anunciou nesta quarta-feira a suspensão de dois árbitros do duelo entre Argentina e Brasil. Os uruguaios Andrés Cunha, árbitro de campo, e Esteban Ostojich, responsável pelo VAR, foram punidos por tempo indeterminado pela não expulsão de Otamendi em lance com Raphinha. Neto ainda xingou diretamente Andrés Cunha.

- Andrés, você foi uma titica! Para não falar que você é uma merda! - disparou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos