Revista: Bruno terá maior salário do Boa, cerca de 15% do que ganhava no Flamengo

Equipe de Varginha vence Tupynambás em Juiz de Fora pelo hexagonal final do Módulo II do Campeonato Mineiro

Ainda não se sabe se Bruno será o goleiro titular do Boa Esporte em sua volta ao futebol. No entanto, o jogador, que foi condenado pela morte de sua ex-amante, Eliza Samudio, deve ser o dono da posição no clube mineiro, pelo menos é o que indica seu salário, de acordo com a Revista Veja.

Segundo a publicação, o atleta, de 32 anos, receberá R$ 30 mil por mês, sem contar premiações e bônus por objetivos cumpridos em campo. Os vencimentos de Bruno serão os maiores do clube, superando até mesmo os de Radamés, experiente meio-campista e um dos líderes do elenco.

Desconsiderando a desvalorização do real desde 2010, ano em que Bruno foi preso, o salário corresponde a 15% do que ele recebia no Flamengo.