Reviravolta na venda do Diamond Mall: Multiiplan anuncia que vai comprar cerca de 25% do shopping

(Divulgação/Diamond Mall) - Negociação com a Multiplan foi retomada após anúncio de desistência


Após anunciar no início desta semana que iria desistir da compra do Diamond Mall, a Multiplan informou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), no início da noite desta quinta-feira (5/1), que irá adquirir 24,95% do shopping por R$ 170 milhões. A negociação inicial renderia R$ 340 milhões por 49,9% da participação do Galo no empreendimento.

De acordo com a Multiplan, o valor a ser pago pela aquisição será de R$ 170 milhões, os quais R$ 68 milhões à vista e R$ 102 milhões a serem pagos em 12 parcelas mensais, iguais e sucessivas, indexadas ao IPCA.

O comunicado ao mercado informa conclusão da aquisição está sujeita ao cumprimento de condições precedentes, incluindo, entre elas, a aprovação pelo CADE. Clique aqui e confira o comunicado à CVM.

A informação foi dada inicialmente pela Rádio Itatiaia, que ainda destacou que a diretoria do Atlético-MG deve vender os outros 24,9% para um investidor internacional ainda nesta semana por outros R$ 170 milhões.

Com uma das folhas salariais mais altas do país, o Atlético-MG está com dificuldades de honrar os compromissos e manter os salários em dia. A declaração foi dada pelo diretor de futebol do clube, Rodrigo Caetano, nesta quinta-feira (5/1).

De acordo com o Portal GloboEsporte.com, o time atleticano tem atrasos em relação ao 13º e direitos de imagem dos atletas.

Nos últimos anos, o Galo tem tido o apoio financeiro do grupo de bilionários conhecidos como 4 R’S: Renato Salvador, Ricardo Guimarães, Rafael Menin e Rubens Menin. Por isso, os recursos da venda do Diamond Mall seriam importantes para o clube reduzir essa dependência financeira.

A negociação com a Multiplan, que foi anunciada em agosto, e era importante para o Atlético-MG, que tem uma dívida na casa de R$ 1,3 bilhão.