Em reunião ministerial, Bolsonaro xinga João Doria e Wilson Witzel: "Estrume do governador"

Yahoo Notícias
Aliados na eleição, Bolsonaro e Doria entraram em rota de colisão durante pandemia do coronavírus (Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa via AP Images)
Aliados na eleição, Bolsonaro e Doria entraram em rota de colisão durante pandemia do coronavírus (Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa via AP Images)

Na reunião ministerial divulgada nesta sexta-feira pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello, o presidente Jair Bolsonaro ofendeu os governadores de São Paulo, João Doria, e Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Bolsonaro se referiu ao governador de São Paulo como “aquele bosta do governador de São Paulo” e o “estrume do governador do Rio de Janeiro”.

O presidente ainda atacou opositores e disse que o que eles querem são “as nossas hemorroidas, a nossa liberdade”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Na última quinta-feira, em reunião com os governadores, tanto Bolsonaro quanto Doria adotaram tom apaziguador. Governador de São Paulo chegou a falar em clima de paz.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também