Reunião sobre suspensão do basquete brasileiro é adiada

A reunião entre a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) e a Fiba, entidade que rege a modalidade, que tem como assunto a suspensão do País das competições, por conta de descumprimento de obrigações por parte da federação nacional, foi remarcada para o dia 22 de março.

Inicialmente, o encontro seria nesta sexta-feira. A Fiba, porém, anunciou o adiamento para a próxima quarta-feira. A reunião acontecerá em Porto Rico, e não mais na Suíça, como seria a princípio.

“Vamos comparecer à reunião em Porto Rico com a meta de livrar o basquete brasileiro da suspensão, apresentando aos representantes da FIBA o projeto dos 100 Dias, um conjunto de ações essenciais para iniciar a recuperação do basquete brasileiro e trazer credibilidade de volta à CBB”, declarou o novo presidente da entidade, Guy Peixoto.

“Tenho certeza de que a FIBA vai entender o que iremos pleitear e retirará esta sanção, que tem atingido diretamente os nossos clubes, atletas, técnicos e árbitros, além de nossas seleções de base. Eles vão entender que a nossa gestão será pautada pela transparência”, finalizou o mandatário.

Com a suspensão, os clubes brasileiros que disputariam a Liga das Américas, Flamengo, Mogi e Bauru, acabaram fora da competição, ainda que tenham tentado convencer a entidade a aceitar a participação.