Após reunião, Riquelme fica perto de acerto com Boca

Estadão Conteúdo
Riquelme, ídolo eterno da torcida xeneize está com os dias contados para retrornar à Bombonera
.

Exibir foto

O sonho palmeirense de contratar Riquelme parece cada vez mais distante. Uma reunião na noite de quarta-feira, em Buenos Aires, deixou encaminhada a volta do meia argentino ao Boca Juniors. O acordo ainda não foi definitivamente fechado, mas ele deve mesmo recusar a proposta do Palmeiras e ficar na Argentina.

O grande fator para convencer Riquelme a voltar para o Boca foi a chegada do novo treinador da equipe, Carlos Bianchi, com quem ele teve a melhor fase da carreira. Do outro lado, o Palmeiras fez uma boa proposta financeira, que seria de cerca de US$ 300 mil mensais, o que deixou o jogador de 34 anos animado.

VEJA TAMBÉM

- Jornal alemão afirma que Platini poupou PSG de Fair Play Financeiro

- Lewandoswski cada vez mais perto de acertar com o United

- Sneijder nega que tenha chegado a um acordo com o Tottenham

Na reunião de quarta-feira, Riquelme conversou com o próprio Bianchi e com o presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici. O jogador teria feito duas exigências: ter tempo para recuperar a forma física antes de jogar e um contrato até 2015, mesmo período do compromisso recentemente assinado pelo técnico.

Assim, Riquelme continuaria jogando até 2015, junto com Bianchi no Boca, quando se aposentaria definitivamente. A tendência é que o clube argentino pague um salário próximo ao que foi oferecido pelo Palmeiras. E o trabalho agora é acertar tudo até o dia 5 de janeiro, quando o elenco se reapresenta.

Astro do futebol sul-americano, Riquelme está sem jogar desde julho, quando defendeu o Boca na derrota para o Corinthians na final da Libertadores. Depois disso, ele deixou o clube, dizendo estar sem motivação, e pensou até em encerrar a carreira. Mas resolveu continuar, o que atraiu o interesse do Palmeiras.

Exibir comentários (7)
  • Fim de semana com 4 vices do Brasil, em esportes cotados para medalhas olímpicas

    Fim de semana com 4 vices do Brasil, em esportes cotados para medalhas olímpicas

    Judô e vôlei de praia estão entre os esportes mais cotados para darem medalhas olímpicas ao Brasil na Rio 2016 Neste final de semana, em duas competições importantes, 4 candidatos as medalhas fizeram ótimas campanhas, mas acabaram perdendo as decisões e terminando com pratas.  Mais »

    Romano Olímpico - Yahoo Esportes - 9 minutos atrás
  • Jogadores do Coxa cobram mais pegada para a sequência do Brasileirão

    O Coritiba não conseguiu segurar o agora líder do Campeonato Brasileiro, o Grêmio, em Porto Alegre e voltará para a capital paranaense com uma derrota por 2 a 0, esperando encontrar uma forte cobrança do torcedor. O zagueiro Juninho viu dois jogos bem diferentes em cada tempo, mas lamentou mesmo o primeiro gol tomado no […] Mais »

    Gazeta Press - 30 minutos atrás
  • Santistas reconhecem superioridade do Inter após derrota na Vila

    O Internacional conseguiu dar um fim a sequência invicta do Santos na Vila Belmiro, que já durava 29 jogos. Os 11 meses sem perder dentro de casa, no entanto, não abalou a análise do atual técnico da equipe, Dorival Jr, que ressaltou a superioridade do adversário. Além do treinador, o volante Renato também comentou sobre […] Mais »

    Gazeta Press - 31 minutos atrás
  • Taubaté derrota Pinheiros e é tetra do Pan-Americano de clubes

    O Taubaté ampliou sua hegemonia no handebol das Américas neste domingo. A equipe do Vale do Paraíba derrotou o Pinheiros, por 28 a 23, faturando seu quarto título no Pan-Americano de Clubes, realizado na Argentina. “Foi uma competição muito difícil e jogada na casa dos argentinos. Hoje fizemos uma partida muito boa. O time do Pinheiros […] Mais »

    Gazeta Press - 35 minutos atrás
  • Lanús goleia time do Papa e é campeão argentino pela segunda vez

    Lanús goleia time do Papa e é campeão argentino pela segunda vez

    O Lanús conquistou o segundo título de campeão argentino da sua história ao vencer neste domingo a final do torneio 'Transición', com direito a goleada de 4 a 0 sobre o San Lorenzo, time de coração do Papa Francisco. Mais »

    AFP - 42 minutos atrás