Retrospectiva: 'Volância' do Corinthians tem jovens como destaque em 2022


Em 2022, os que mais se destacaram na posição de volante no Corinthians foram Fausto Vera e Du Queiroz, ambos de apenas 22 anos. Tanto que o time teve uma melhora de desempenho notável após a chegada do argentino, que formou dupla com o jogador formado na base do clube. Isso aconteceu especialmente na reta final da Copa do Brasil, torneio no qual o Timão chegou até a final.


> Vítor Pereira sondado pelo Flamengo: veja 15 técnicos estrangeiros sem clube

Outro jogador da posição que teve bom desempenho quando atuou foi Maycon. Porém, o meio-campista de 25 anos sofreu muito com lesões durante a temporada: ele ficou cerca de um mês e meio parado entre junho e julho por um problema no músculo adutor da coxa direita, além de ter fraturado o segundo dedo do pé esquerdo posteriormente.

Uma das principais contratações do Corinthians na temporada, Paulinho foi outro que sofreu com lesões, mas seu caso se mostrou ainda mais sério. Ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e esteve fora de combate desde o início de maio.

Veja abaixo uma análise de jogador por jogador entre os volantes do Corinthians

DU QUEIROZ

​O volante de 22 anos foi lançado ao time profissional, de vez, nesta temporada e logo assumiu a titularidade. Em passes certos, Du Queiroz é o melhor da equipe corintiana: ao todo, foram 1218 acertos, 163 a mais que Fábio Santos, o segundo colocado da lista.

Em desarmes e interceptações, Du também lidera o ranking alvinegro. No Brasileirão, ao lado de Róger Guedes, ele foi quem mais entrou em campo pelo Timão, sendo escolhido para jogar em 36 oportunidades.

O jovem foi eleito a revelação do Campeonato Brasileiro pelo Bola de Prata, premiação da ESPN.

Coritiba x Corinthians - Du Queiroz
Coritiba x Corinthians - Du Queiroz

Du Queiroz foi bem na temporada (Foto: Divulgação/Corinthians)

FAUSTO VERA

Em julho, o argentino foi oficializado como reforço do Corinthians, contratado junto ao Argentino Juniors por 8 milhões de dólares (R$ 43,98 milhões na cotação da época). Ele elevou o nível da posição no time, pois outros destaques como Maycon e Paulinho sofriam com lesões.

Desde que chegou ao clube paulista, Vera foi titular em 22 dos 26 jogos que disputou. No Brasileirão, segundo a plataforma Footstats, o argentino teve 39 desarmes certos, ocupando a terceira posição no ranking do time, mesmo com menos tempo de casa. Ele teve uma média de 95% de acerto nos desarmes e ficou atrás só de Fábio Santos nessa estatística.

+ Corinthians se anima com sucesso de Fausto Vera e mira nos ganhos com o argentino

Fausto Vera - Corinthians x Juventude
Fausto Vera - Corinthians x Juventude

Fausto em ação contra o Cuiabá (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

MAYCON

O volante criado na base corintiana foi repatriado pois os jogadores que atuavam no futebol russo e ucraniano puderam procurar outras equipes devido ao conflito entre os dois países.

Quando chegou, tomou conta da posição, mas passou a sofrer com lesões e ficou a maior parte da temporada no departamento médico. Maycon fez só 26 jogos, mesmo número de Fausto Vera — que chegou quatro meses depois — e marcou dois gols.

+ Em fim de contrato, Maycon deixa futuro no Corinthians em aberto

Maycon - Corinthians
Maycon - Corinthians

Maycon sofreu com lesões (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

VÍCTOR CANTILLO

O colombiano começou o ano sendo titular com Sylvinho, mas perdeu espaço com a chegada do técnico Vítor Pereira. Ele chegou a ficar mais de 10 jogos seguidos sem ser titular na reta final da temporada e a última vez que figurou entre os 11 iniciais foi em 6 de agosto, há mais de três meses.

Cantillo
Cantillo

Cantillo perdeu espaço (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

PAULINHO

Anunciado ainda em dezembro do ano passado, Paulinho fez só 20 partidas em 2022. A lesão sofrida em maio dificultou sua participação na temporada, que já não era muito convincente.

Dos 20 jogos disputados, a maioria foi no Paulistão (12) e todos na primeira fase. Foram quatro gols marcados e uma assistência distribuída em 2022.

Paulinho - Corinthians
Paulinho - Corinthians

Paulinho volta só no ano que vem (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

RONI E XAVIER

As duas crias do Terrão tiveram participações distintas na temporada. Roni, mesmo criticado por parte da torcida, foi bastante utilizado, somando 32 jogos no ano, sendo cinco pela Libertadores. Apenas um gol foi marcado pelo jogador.

Enquanto isso, Xavier acabou bastante preterido. Ele atuou em apenas 11 partidas no ano, somente uma como titular, diante do América-MG, quando os principais atletas do Timão foram poupados do confronto.

Xavier e Roni - Treino Corinthians
Xavier e Roni - Treino Corinthians

Xavier e Roni são crias da base (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)