Retrospectiva LANCE!: em ano histórico, Cuiabá se manteve na Série A e garantiu calendário continental

·2 min de leitura


Seguindo com os conteúdos de retrospectiva, o Cuiabá terá seu ano de 2021 analisado pelo Futebol Latino/LANCE! onde a principal competição no calendário da equipe que é uma das pioneiras no sistema de administração baseada no modelo SAF era o Campeonato Brasileiro.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Entretanto, é importante ressaltar que, quando observada a temporada como um todo, incluíndo competições eliminatórias como o Campeonato Mato-Grossense, a Copa Verde e a Copa do Brasil, somente no estadual o Dourado conseguiu ser bem-sucedido.

Mato-Grossense: hegemonia mantida

Nos últimos cinco anos, somente em 2020 a realidade do Campeonato Mato-Grossense teve como campeão uma equipe diferente do Cuiabá. E, em 2021, a história se repetiu de maneira categórica.

Depois das sete vitórias e dois empates nos nove compromissos da fase classficatória, o time que leva o nome da capital do estado e que foi fundado em 2001 eliminou Dom Bosco e Ação com quatro vitórias nos duelos de ida e volta até chegar a decisão diante do CEOV Operário. Com a invencibilidade mantida (triunfo na ida por 2 a 1 e empate por 1 a 1 na volta), a 10ª taça do estadual foi para a galeria do Dourado.

Copa Verde e Copa do Brasil: vida curta

Nas outras duas competições que o time verde e amarelo disputou de caráter eliminatório no ano, a realidade foi bem diferente do Mato-Grossense.

Na Copa regional, o time que foi dirigido por Alexandre Grasseli disputou somente um jogo, contra o Brasiliense, na Arena Pantanal, e caiu por 7 a 6 nas penalidades depois de empatar por 0 a 0 no tempo normal.

Já no milionário torneio nacional, o adversário do Cuiabá também tinha caráter de inferioridade em relação ao favoritismo, o 4 de Julho. Porém, após outro empate onde ninguém balançou as redes (dessa vez em solo piauiense), a cobrança de pênaltis foi novamente maléfica a equipe que perdeu por 5 a 4.

Brasileirão: uma campanha para a história

Desfrutando de sua primeira participação no Campeonato Brasileiro da Série A, o objetivo do clube do Centro-Oeste sempre foi extremamente claro e definido: buscar a consolidação via permanência, independente de qual fosse a posição final.

E, apesar dos percalços vividos ao longo da disputa e da intensa chegada de reforços nos mais diferentes perfis (alguns toques de experiência como o goleiro Walter, o zagueiro Alan Empereur e o meio-campista colombiano Cabrera bem como nomes de jovens promissores da ordem de João Lucas, Pepê e Guilherme Pato), a meta foi alcançada com um ótimo "bônus".

Isso porque, através dos 47 pontos feitos com dez vitórias, 17 empates e 11 reveses, a equipe foi beneficiada pela posição do Athletico-PR e garantiu uma vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana.

Entretanto, como a equipe enfrentou somente a Chapecoense na sua primeira participação, no ano de 2016, esta será a primeira vez em 16 anos de existência a serem completados que o clube duelará com equipes estrangeiras por competições oficiais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos