Retrospectiva LANCE!: Crespo tira São Paulo da fila e Rogério Ceni volta para afastar clube do sufoco

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Crespo e Rogério Ceni comandaram o São Paulo nesta temporada (Foto: Montagem/LANCE!)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O ano de 2021 se encerrou, e o LANCE! começou a publicar uma retrospectiva do São Paulo, relembrando os feitos e os destaques do Tricolor nesta temporada. Nesta quinta e última parte, o material é a respeito das campanhas dos treinadores que passaram no clube.

A temporada do São Paulo começou com a chegada de Hernán Crespo para ser o treinador da equipe. Com o lema 'Donde no llegan las piernas va a llegar el corazón', ou 'Onde as pernas não alcançam o coração chegará', o argentino cativou o elenco do Tricolor, fazendo um Campeonato Paulista praticamente perfeito, com apenas uma derrota e conquistando o título, tirando o São Paulo de uma fila de quase nove anos sem títulos.

No entanto, as eliminações na Copa do Brasil, para o Fortaleza, na Libertadores, para o Palmeiras, além do fraco início de Campeonato Brasileiro, com o time vencendo uma partida nas primeiras dez rodadas, fez Crespo ser demitido em outubro, após um empate sem gols contra o Cuiabá. Ele encerrou a sua passagem com 53 jogos, sendo 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, um aproveitamento de 57% dos pontos.

No mesmo dia em que demitiu Crespo, o São Paulo anunciou a chegada de Rogério Ceni para ser treinador da equipe, assumindo o Tricolor na 13ª posição da tabela do Brasileirão, com 30 pontos somados, apenas três à frente da zona de rebaixamento.

Com ele, o desempenho da equipe no Brasileiro melhorou um pouco, conseguindo boas vitórias principalmente no Morumbi. Mesmo assim, o clube ficou ameaçado da queda para a Série B até a penúltima rodada, quando venceu o Juventude, em casa, por 3 a 1. Ao final da temporada, Ceni reclamou de falta de peças no elenco, mas uma reunião com a diretoria fez com que ele ficasse na equipe para 2022. Ao todo, o treinador comandou o São Paulo em 13 jogos, com cinco vitórias, três empates e cinco derrotas, aproveitamento de 46%.

VEJA OS NÚMEROS DOS TREINADORES DO SÃO PAULO NA TEMPORADA

Hernán Crespo
​53 jogos, 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas - aproveitamento de 57%

Rogério Ceni
13 jogos, cinco vitórias, três empates e cinco derrotas - aproveitamento de 46%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos